- Publicidade -
19 C
Balneário Camboriú

BC Trânsito pede respeito ao estacionamento rotativo: mais vagas deverão ser incluídas

Leia também

Livro com registro inédito sobre a produção teatral em Itajaí será lançado nesta quinta

A história do teatro em Itajaí começou em 1897, no entanto, foi nas décadas de 1970 e 1980 que...

Foragido do RS é preso com arma e drogas em Balneário

Um homem de 34 anos, que estava foragido do RS por furto a caixa eletrônico, foi preso em Balneário...

Vereadores de Balneário Camboriú votarão hoje “calote” no fundo de saúde dos servidores municipais

A Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú votará nesta quarta-feira, 14, projeto do prefeito Fabrício Oliveira que pretende dar...

Minimercado do centro foi arrombado e furtado nessa madrugada

Um minimercado, localizado na Rua 2.000, foi arrombado e furtado na madrugada desta quarta-feira (14), em Balneário Camboriú. O...

Praça da Cultura receberá primeira empena de arte urbana da área central de Balneário Camboriú

A obra do artista Eduardo Vaso, em andamento na Praça da Cultura, ainda não está pronta, mas já vem...
- Publicidade -

O estacionamento rotativo que foi suspenso por 60 dias em março e abril, no início da pandemia, está funcionando normalmente, mas a prefeitura quer aumentar as vagas e melhorar o sistema, com possibilitar o pagamento com cartões de crédito e débito em breve. Atualmente são cerca de 2.800 vagas.

O diretor do BC Trânsito, Ricieri Ribas Moraes, falou sobre a importância da comunidade, moradores e visitantes, respeitarem e não permanecerem nas vagas além do tempo permitido.

R$ 2,00 no rotativo ou R$ 200,00 de multa

- Publicidade -

Ricieri salienta que as equipes não conseguem ‘estar fiscalizando a todo momento’, mas que os motoristas que forem flagrados desrespeitando as normas serão multados. 

“É muito mais fácil pagar R$ 2,00 a hora ao invés de ter que arcar com a multa, que é quase R$ 200,00”, explica.

Comunidade precisa respeitar

Segundo o diretor, infelizmente ainda há muitos motoristas que não respeitam o rotativo.

“Pedimos que os moradores e turistas utilizem o rotativo seguindo as normas, pois o comércio e as próprias pessoas dependem dessa rotatividade”, diz, citando que em outubro o serviço passou por ajustes, atendendo pedido dos próprios usuários. 

- Publicidade -

“Adaptamos o sistema, que está menos burocrático: eliminamos o sistema de vaga e placa, hoje o motorista somente precisa digitar a placa no parquímetro, assim como no aplicativo (VAGO!)”, afirma. 

A ideia é que em breve os 99 parquímetros espalhados pela cidade também aceitem pagamento com cartão de crédito ou débito.

Mais vagas poderão ser incluídas

As 2.800 vagas estão nos trechos correspondentes entre a Avenida Atlântica até a Avenida do Estado e a Terceira Avenida, além da Avenida Central, Avenida Brasil, Avenida da Lagoa, Avenida Alvin Bauer, Rua Dinamarca e Rua Argentina. 

“Estamos analisando fazer uma reformulação para entrarem mais vagas, escutando as demandas da comunidade em locais que o rotativo ainda não está presente, além também das áreas dos novos pontos turísticos. Estamos vendo a viabilidade disso”, acrescenta.

Aplicativo deve ser o foco

Sobre o aplicativo, Ricieri aproveita para lembrar que ele é o mais indicado por conta da pandemia (os parquímetros são higienizados de duas a três vezes por dia, com álcool gel). Disponível para download gratuito em todas as lojas de aplicativos, o VAGO! permite que o usuário fracione o uso. Por exemplo, se pagou por uma hora e só usou 20 minutos, pode usar os 40 restantes em outra ocasião. 

“Logo vai haver atualização no app também, pois queremos que ele seja cada vez mais simples e funcional”, comenta.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -