- Publicidade -
23 C
Balneário Camboriú

Estudo climático sobre Balneário Camboriú foi tema de publicação especializada internacional

Leia também

Chuvarada causa transtornos e apreensão em Balneário Camboriú

A chuva forte e constante que está acontecendo em Balneário Camboriú e região desde sábado (27) causou interdições de...

Lockdown: confira o que abre e não abre em Balneário Camboriú neste final de semana

Por conta do lockdown decretado pelo Governo do Estado, apenas serviços essenciais, como farmácias e supermercados, poderão abrir neste...

Lockdown em Balneário Camboriú terá barreira sanitária, ações na praia e nas ruas, para pedir conscientização

A Polícia Militar está liderando as ações de fiscalização neste primeiro final de semana de lockdown, a partir das...

Um estudo em andamento sobre o efeito do desenvolvimento urbano vertical nos microclimas de Balneário Camboriú, foi notícia na última edição da Urban Climate News, publicação especializada da Associação Internacional para o Clima Urbano.

Balneário Camboriú é objeto de uma longa pesquisa, liderada por professores da Universidade Federal de Santa Maria e da qual participam pesquisadores de universidades de Rondônia; São Paulo; Santa Catarina e Austrália.

- Publicidade -

No momento o estudo está na fase de coleta de dados em campo, etapa que deve se prolongar até 2022. Dezenas de equipamentos automáticos e convencionais, espalhados em prédios públicos e de particulares,  coletam os dados para posterior processamento.

O coordenador do estudo, professor-doutor Cassio Arthur Wollmann, disse ao Página 3 que Balneário Camboriú, em função da verticalização, pode configurar um ambiente urbano com peculiaridades de conforto e desconforto térmico que talvez não sejam encontradas em outro local no mundo e isso despertou a atenção dos cientistas.

Para acessar a publicação, use este link

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -

Restam apenas 6 leitos de UTI em hospitais públicos de Itajaí e Balneário Camboriú

Apesar do cenário desesperador, que afeta todo o Estado, grupos de empresários continuam se movimentando para pressionar o judiciário e o governador contra restrições ao funcionamento das empresas.
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -