- Publicidade -
22 C
Balneário Camboriú

Lei de Balneário Camboriú não permite os 1001 apartamentos que FG e Havan querem construir na Barra Sul

- publicidade -

Leia também

Vacinação contra Influenza inicia nesta terça para idosos 70+

A Secretaria da Saúde inicia a segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus Influenza para idosos,...

Aulas e oficinas na Casa da Mulher e no Centro da Rua Itália retornam na segunda-feira

A partir de segunda-feira (10) iniciam as aulas de alongamento, fortalecimento muscular, pilates, fit dance, inglês, dentre outras oficinas,...

Entrevista com Luciana Andréa de Jesus: “A natureza é sábia e normalmente a planta que você precisa nasce no seu entorno”

Luciana Andréa de Jesus, 51, catarinense de Blumenau, moradora de Balneário Camboriú há quase quatro décadas (1984), onde estudou...

Casal que foi despejado pede ajuda, Resgate Social diz que eles não aceitaram ir para Casa de Passagem

O Página 3 foi procurado por leitores que informaram sobre a situação de um casal que está na rua...

Psicóloga aborda “Maternidade ideal versus possível” em livro sobre Primeira Infância

A maternidade envolve uma série de aprendizados práticos como trocar fraldas, entender a pega correta da amamentação, aplicar técnicas...
- Publicidade -

Prefeito manda reunir o Conselho que não se reunia desde fevereiro para tratar de favorecimento a uma construtora

O projeto da FG Havan para construir um prédio com 101 andares e 1001 apartamentos na Barra Sul, em Balneário Camboriú, apresentado como apart hotel, é uma forma de tentar burlar a legislação municipal de exige um tamanho mínimo de cada unidade para preservar a qualidade e o preço dos imóveis em Balneário Camboriú.

- Publicidade -

O projeto, com apartameentos de menos de 30m2, em lajes com menos de 700m2, foi “enfeitado” com a inclusão de um mirante e um restaurante panorâmico, para caracterizar como atração turística, mas não é segredo que há mais de um ano empresários que apóiam o prefeito Fabrício Oliveira buscam uma forma de construir quitinetes, um dos produtos mais rentáveis e danosos do mercado imobiliário.

As quitinetes da legislação de Balneário Camboriú para evitar os “pombais”, qualificar a ocupação e uso do solo, mas a FG e a Havan tentarão usar sua força política e econômica para aprovar uma exceção.

Ontem a assessoria de comunicação da FG entrou em contato com o Página 3, e disse que o material divulgado pelo jornal “não é oficial, o empreendimento será apresentado para a prefeitura em dezembro, inclusive, não será mais na versão apresentada neste documento e até a apresentação formal, não iremos nos manifestar sobre o empreendimento”.

Em verdade a FG Havan não vai apresentar o projeto à prefeitura e sim à sociedade, através do Conselho da Cidade que pode autorizar ou não que os estudos prossigam.

- Publicidade -

A reunião do Conselho da Cidade para analisar o assunto, marcada para a próxima segunda-feira, teria sido adiada para o dia 14 de dezembro, mas ainda não há confirmação neste sentido.

O prefeito tem controle de grande parte dos conselheiros e aparentemente os interesses da FG Havan são relevantes para o governo municipal que desde 6 de fevereiro não reunia o Conselho da Cidade e resolveu fazê-lo agora quando o município registra nível gravíssimo de risco para transmissão da covid-19.

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,714FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,594SeguidoresSeguir
11,600InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Aulas e oficinas na Casa da Mulher e no Centro da Rua Itália retornam na segunda-feira

A partir de segunda-feira (10) iniciam as aulas de alongamento, fortalecimento muscular, pilates, fit dance, inglês, dentre outras oficinas, na Casa da Mulher, que...

Entrevista com Luciana Andréa de Jesus: “A natureza é sábia e normalmente a planta que você precisa nasce no seu entorno”

Luciana Andréa de Jesus, 51, catarinense de Blumenau, moradora de Balneário Camboriú há quase quatro décadas (1984), onde estudou Administração e Contábeis, mas não...

Casal que foi despejado pede ajuda, Resgate Social diz que eles não aceitaram ir para Casa de Passagem

O Página 3 foi procurado por leitores que informaram sobre a situação de um casal que está na rua após serem despejados da casa...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
×

Olá, leitor

Sugestões de pautas, informações em geral.

×