- Publicidade -
19 C
Balneário Camboriú

A falsa cultura bolsonarista torna os botecos mais chatos

- publicidade -

Leia também

Dia das Mães: o quanto e como a pandemia está interferindo na maternidade?

Por Renata Rutes Mais de um ano se passou e esse é o segundo Dia das Mães em tempos de...

Dia das Mães: comércio com boas expectativas, vendas devem aquecer nesta sexta e sábado

Data é uma das melhores para o varejo, e deve ser mais movimentada do que 2020 O Dia das Mães...

Emasa e técnicos avaliam contratação do programa ‘Estuário do Rio Camboriú 2030’ que custará R$ 1,5mi

O diretor geral da Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMASA), Douglas Costa Beber participou de reunião realizada nesta...

Balneário Camboriú tem dois atletas classificados para o Pan Sub 20 em outubro no Chile

Neste sábado o número pode aumentar no Estadual de Timbó

Exposição ‘Rainhas da Cidade’ está no Balneário Shopping até dia 23

A mostra fotográfica é uma parceria do Rotary Club com o empreendimento e Hope Lingeries, e celebra mulheres que atuam em Balneário
- Publicidade -

Desde sempre existiu um certo enfado nas conversas de boteco quando elas não são com gente inteligente… na maior parte do tempo a coisa se resumiu a mulher e futebol, dois assuntos que todos se dizem pós graduados e servem apenas para justificar mais uma Brahma.

Agora tem uma figura nova nas mesas de bar, o sabetudo bolsonarista, o apedeuta que só foi à escola para comer merenda, nunca leu um livro completo e domina todos os assuntos nacionais, internacionais e interplanetários porque leu no Facebook do Bozo.

- Publicidade -

Tenho um amigo, negacionista da pandemia, repetindo sempre que “no Brasil agora só se morre de covid”, e reforça a frase feita com exemplos de pessoas que morreram disso e daquilo e os médicos teriam adulterado a certidão de óbito para covid.

É um bozo-discurso, com  o objetivo de minimizar a pandemia, dando suporte às imbecilidades (ou crimes?) proferidas e praticadas por Jair Bolsonaro desde março do ano passado, quando o Brasil foi acometido da sua maior crise de saúde pública nos últimos 100 anos.

Após escutar essa bobagem das mortes mais uma vez, nesta semana, fui às fontes buscar um pouco de sanidade mental.

O portal de Transparência do Registro Civil, da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais, aponta que o Brasil teve em 2020 a maior quantidade de óbitos em sua história.

- Publicidade -

O quadrinho, do portal dos cartórios que pode ser acessado aqui  https://transparencia.registrocivil.org.br/inicio, é esse:

AnoQuantidade de óbitos
20161.028.215
20171.061.288
20181.196.042
20191.261.718
20201.450.677

Queiram ou não queiram os bolsonaristas, a covid-19, no ano de 2020, foi a causa de morte com mais vítimas já registradas no país em um ano, é uma grave pandemia, mata as pessoas, não é uma gripezinha ou algo a ser minimizado e tratado com desdém como tantos tentam fazer.

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,708FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,594SeguidoresSeguir
11,600InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Dia das Mães: comércio com boas expectativas, vendas devem aquecer nesta sexta e sábado

Data é uma das melhores para o varejo, e deve ser mais movimentada do que 2020 O Dia das Mães é a segunda data mais...

Emasa e técnicos avaliam contratação do programa ‘Estuário do Rio Camboriú 2030’ que custará R$ 1,5mi

O diretor geral da Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMASA), Douglas Costa Beber participou de reunião realizada nesta semana, quando pesquisadores da Univali...

Balneário Camboriú tem dois atletas classificados para o Pan Sub 20 em outubro no Chile

Neste sábado o número pode aumentar no Estadual de Timbó
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
×

Olá, leitor

Sugestões de pautas, informações em geral.

×