- Publicidade -
21 C
Balneário Camboriú

Bolsonaro envia carta a Biden e fala em parceria por proteção ao meio ambiente

- publicidade -

Leia também

Governo vai lançar editais para estudos sobre concessões de parques nacionais

O governo deve lançar editais para a contratação de estudos para a concessão de oito parques nacionais ainda neste...

Mutirão recolhe 300 quilos de lixo na praia Brava em Itajaí

Voluntários do projeto Mutirão Ecológico retiraram 300 quilos de lixo da faixa de areia e restinga da praia Brava...

Mutirão recolhe 300 quilos de lixo na praia Brava em Itajaí

Voluntários do projeto Mutirão Ecológico retiraram 300 quilos de lixo da faixa de areia e restinga da praia Brava...

O presidente da República, Jair Bolsonaro, enviou carta ao presidente eleito dos Estados Unidos, o democrata Joe Biden, para cumprimentá-lo pela posse no cargo e expor sua “visão de um excelente futuro para a parceria Brasil-EUA”. Em tom conciliador, na carta enviada a Biden, Bolsonaro fala estar pronto para continuar parceria em prol do desenvolvimento sustentável e da proteção do meio ambiente.

“Estamos prontos, ademais, a continuar nossa parceria em prol do desenvolvimento sustentável e da proteção do meio ambiente, em especial a Amazônia, com base em nosso Diálogo Ambiental, recém-inaugurado”, diz na carta, divulgada na íntegra pelo presidente do Brasil no Twitter.

- Continue lendo após a publicidade -

Antes de divulgar a carta, Bolsonaro escreveu: “Cumprimento Joe Biden como 46º Presidente dos EUA. A relação Brasil e Estados Unidos é longa, sólida e baseada em valores elevados, como a defesa da democracia e das liberdades individuais.”

Ele afirmou que segue dedicado a trabalhar pelo desenvolvimentos das duas nações. “Sigo empenhado e pronto para trabalhar pela prosperidade de nossas nações e o bem-estar de nossos cidadãos. Para marcar essa data, enderecei carta ao Presidente dos EUA, Joe Biden, cumprimentando-o por sua posse e expondo minha visão de um excelente futuro para a parceria Brasil-EUA.”

Bolsonaro afirma ainda na carta que o Brasil tem “interesse em um abrangente acordo de livre comércio, que gere mais emprego e investimento e aumente a competitividade global de nossas empresas”. Em sua mensagem, o presidente também disse que os dois países coincidem na defesa da democracia e segurança “atuando juntos contra ameaças que ponham em risco conquistas democráticas em nossa região”.

- Continue lendo após a publicidade -

“Entendo que interessa aos nossos países contribuir para uma ordem internacional centrada na democracia e na liberdade, que defenda os direitos e liberdades fundamentais de todos e, muito especialmente, de nossos cidadãos”, disse Bolsonaro.

Sobre o combate à mudança climática, Bolsonaro propõe “aprofundar o diálogo na área energética” e “aumentar a cooperação na temática das energias limpas”. O presidente citou que o Brasil demonstrou seu compromisso com o Acordo de Paris ao apresentar suas novas metas nacionais.

Bolsonaro reforçou ainda na carta a Biden sua posição por mudanças na estrutura de organizações econômicas internacionais, como a Organização Mundial do Comércio (OMC). “Na OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), com o apoio dos EUA, o Brasil espera poder dar contribuição mais efetiva e aumentar a representatividade da organização.”

Mais cedo, o vice-presidente Hamilton Mourão já havia se manifestado sobre a posse do novo presidente norte-americano e afirmou que as relações do Brasil com os EUA vão prosseguir independente da mudança no comando da Casa Branca.

“A relação Brasil e Estados Unidos é uma relação que vem desde o período da nossa independência, é uma relação de Estado para Estado e dessa maneira ela vai continuar”, disse Mourão. “É um parceiro comercial importante, um parceiro tecnológico importante, e sempre colocando que o modelo democrático americano é um farol para o mundo ocidental. Dessa forma, ela (relação) vai prosseguir”, acrescentou.

- Publicidade -
- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -

Irresponsabilidade do governador e dos prefeitos prossegue com mais 70 mortos e zero leitos de UTI

Proteja sua vida. Evite frequentar restaurantes, academias, cafés, bares, hotéis, motéis e centros religiosos.
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -