- Publicidade -
22 C
Balneário Camboriú

Média móvel de mortes por covid-19 fica em 651 nesta segunda-feira

- publicidade -

Leia também

Balneário Camboriú prossegue em situação gravíssima para Covid-19

O Estado divulgou nesta quarta-feira a atualização da Matriz de Risco para Covid-19, com Balneário Camboriú e as demais...

Saúde: Brasil registra 1.340 mortes por covid-19 em 24h, total chega a 212.831

O Brasil registrou 1.340 novas mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total de óbitos no País...

Joe Biden assina decreto e reintegra país no Acordo Climático de Paris

Cumprindo uma promessa de campanha, o presidente americano, Joe Biden, acaba de assinar decreto que reintegra os Estados Unidos...

A média móvel de mortes por covid-19 no Brasil ficou em 651 nesta segunda-feira, 14, de acordo com dados coletados junto às Secretarias Estaduais da Saúde pelo consórcio de veículos de imprensa, formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL. O número considera a média diária de mortes da última semana para eliminar distorções geralmente observadas nos dados dos fins de semana.

Nas últimas 24 horas, foram notificados mais 27.419 casos e 526 mortes, o que leva o País a um acumulado de 6,929,409 casos confirmados e 181.945 mortes desde o início da pandemia. De acordo com o Ministério da Saúde, 6.016,085 pessoas se recuperaram da doença.

- Publicidade -

O aumento da média móvel de mortes ocorre no momento em que governos estaduais e municipais tentam frear a alta de casos, tomando medidas restritivas. No Paraná, por exemplo, foi decretado toque de recolher. Em São Paulo, o governo do Estado reduziu o horário de funcionamento dos bares.

Em número de contaminados, o Brasil é o terceiro país mais afetado pela pandemia, conforme contagem da Universidade Johns Hopkins. Está atrás de Estados Unidos e Índia, que ocupam a primeira e segunda posição, respectivamente. No entanto, em relação ao total de óbitos, o País está em segundo lugar.

Consórcio dos veículos de imprensa

- Publicidade -

O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 estados e no Distrito Federal. De forma inédita, a iniciativa foi uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia e se manteve mesmo após a manutenção dos registros governamentais.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -

Balneário Camboriú prossegue em situação gravíssima para Covid-19

O Estado divulgou nesta quarta-feira a atualização da Matriz de Risco para Covid-19, com Balneário Camboriú e as demais...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -