- Publicidade -
24 C
Balneário Camboriú

China tira dos EUA posto de principal parceiro comercial da UE

Leia também

Mesmo adiantados na vacinação, americanos e britânicos estão longe do normal

Se em Israel cresce a sensação de normalidade, o mesmo não é visto em outras nações em que a...

Em Israel, vacina traz sensação de normalidade

Por meses, a brasileira Hanna Rosenbaum abria a porta de casa, em Jerusalém, e via as luzes dos hotéis...

Greve dos petroleiros tem adesão em quatro Estados

A greve dos petroleiros da Petrobras, iniciada nesta sexta-feira, 5, teve adesões em quatro Estados: Espírito Santo, Amazonas e...

A China reforçou em 2020 os laços comerciais com a União Europeia (UE) e tirou dos Estados Unidos o posto de principal parceiro de comércio do bloco. Segundo dados divulgados pela Eurostat, a agência de estatísticas da UE, as importações pelo bloco de produtos vindos da China aumentaram 5,6% no ano passado, totalizando 383,5 bilhões de euros, enquanto as exportações de produtos europeus para o gigante asiático subiram 2,2% no período para 202,5 bilhões de euros.

Já os negócios com os Estados Unidos durante o último ano de governo do presidente Donald Trump encolheram, com as importações de produtos americanos diminuindo 13,2%, para 202 bilhões de euros, e as exportações de bens europeus para o país recuando 8,2%, para 353 bilhões de euros.

- Publicidade -

A Eurostat informou na manhã desta segunda-feira, 15, que as exportações europeias subiram 1,1% entre novembro e dezembro, mas que as importações caíram 0,3% no período.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -

Vítima do caminhão que arrastou moto por 32 Km está em estado “gravíssimo”

O vereador camboriuense Marcio Pereira, informou à imprensa na manhã deste domingo que é “gravíssima” a situação de Sandra...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -