- Publicidade -
22 C
Balneário Camboriú

Faltou trabalho para 32,031 milhões de pessoas no País no fim de 2020

Leia também

BC Investimentos finaliza sondagem de investidores no Morro do Careca, Passarela da Barra e Mercado Público

A presidente da BC Investimentos, Maria Pissaia disse que nesta sexta-feira (10) encerra as entrevistas com as empresas interessadas...

19 milhões de brasileiros passaram fome em 2020: em Balneário, campanhas seguem, mas precisam de apoio

Por que não transformar locais de vacinação em postos de arrecadação de alimentos?

Homem é preso com arma e R$ 25 mil em dinheiro em Balneário Camboriú

Um homem de 36 anos foi preso, na quinta-feira (8), com uma pistola e R$ 25 mil em dinheiro,...

Ladrões com motocicleta assaltam dono de Ferrari à luz do dia em Balneário Camboriú

Dois motociclistas assaltaram um homem que dirigia uma Ferrari, por volta do meio-dia, na Rua 2.100, centro de Balneário...

Inclusão Social faz mutirão ‘Não dê esmola, dê oportunidades’ em lojas e condomínios de Balneário Camboriú

A prefeitura, através da Secretaria da Inclusão Social começou há 10 dias um mutirão no comércio, prédios e condomínios...
- Publicidade -

No trimestre terminado em dezembro de 2020, faltou trabalho para 32,031 milhões de pessoas no País, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), iniciada em 2012 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A taxa composta de subutilização da força de trabalho desceu de 30,3% no trimestre até setembro para 28,7% no trimestre até dezembro.

- Publicidade -

O indicador inclui a taxa de desocupação, a taxa de subocupação por insuficiência de horas e a taxa da força de trabalho potencial, pessoas que não estão em busca de emprego, mas que estariam disponíveis para trabalhar. No trimestre até dezembro de 2019, a taxa de subutilização da força de trabalho estava em 23,0%.

Na média de 2020, a taxa de subutilização foi de 28,1%, a maior da série histórica.

A população subutilizada caiu 3,5% ante o trimestre até setembro, 1,148 milhão de pessoas a menos. Em relação ao trimestre até dezembro de 2019, houve um avanço de 22,5%, mais 5,873 milhões de pessoas.

A taxa de desocupação saiu de 11% no trimestre até dezembro de 2019 para 13,9% no trimestre até dezembro de 2020, maior patamar para quartos trimestres dentro da série histórica iniciada em 2012.

- Publicidade -

A taxa de desemprego média em 2020 ficou em 13,5%, também um recorde da série.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -