- Publicidade -
26 C
Balneário Camboriú

Vendas do comércio eletrônico têm alta de 73,88% em 2020, mostra índice

Leia também

Financiamento imobiliário cresce 72% em janeiro ante janeiro de 2020, diz Abecip

Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira de Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), os financiamentos imobiliários com recursos...

Faltou trabalho para 32,031 milhões de pessoas no País no fim de 2020

No trimestre terminado em dezembro de 2020, faltou trabalho para 32,031 milhões de pessoas no País, segundo os dados...

Dólar dispara e vai a R$ 5,51 mesmo com injeção de US$ 1,5 bi pelo BC

O câmbio teve novo dia de tensão, lembrando o pregão da última segunda-feira. A diferença é que naquele dia...

As vendas eletrônicas do varejo registraram alta de 53,83% em dezembro de 2020, em relação ao mesmo período de 2019. O faturamento teve crescimento de 55,74%. No entanto, houve queda de vendas de 27,16% na comparação com o mês de novembro. Ainda assim, no acumulado do ano, houve alta de 73,88%. No faturamento, a alta acumulada do ano foi de 83,68%.

Os dados são do índice MCC-ENET, desenvolvido pelo Comitê de Métricas da Câmara Brasileira da Economia Digitalem parceria com o Neotrust Movimento Compre & Confie. Segundo o levantamento, o e-commerce representou, em novembro de 2020, 14,4% do comércio varejista restrito (exceto veículos, peças e materiais de construção). No acumulado dos últimos 12 meses, a participação foi de 9,3%.

- Publicidade -

Ao comparar os dados regionais de faturamento, entre dezembro de 2020 e o mesmo mês do ano anterior, a região Nordeste teve alta de 80,69%; o Sul do País, 62,68%); o Sudeste, 51,43%; o Centro-Oeste, 39,58%; e o Norte, 35,70%.

No trimestre de outubro a dezembro de 2020, 18,4% dos internautas brasileiros realizaram ao menos uma compra online. Observa-se uma alta de 0,5 pontos porcentuais (p.p.) em relação ao trimestre anterior, em que a porcentagem foi de 17,9%. Já na comparação com o mesmo período em 2019, houve crescimento de 4,7 p.p.

Não estão contabilizados no MCC-ENET dados dos sites MercadoLivre, OLX e Webmotors, além do setor de viagens e turismo, anúncios e aplicativos de transportes e alimentação, pois ainda não são monitorados pela Neotrust Movimento Compre & Confie.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -

Fique em casa não tem mais leitos de UTI na região de Itajaí e Balneário Camboriú

A chance das pessoas sufocarem e morrerem agora é mais real do que nunca.
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -