- Publicidade -
24 C
Balneário Camboriú

Atleta de Itajaí vence Sul-Americano de fisiculturismo e garante vaga para o Pan-Americano

Leia também

Torcedores se aglomeram para apoiar o Palmeiras antes de viagem a Porto Alegre

Centenas de torcedores do Palmeiras se aglomeraram na porta da Academia de Futebol para apoiar o time antes do...

‘Terá um sabor especial’, diz Diego Souza, do Grêmio, sobre vencer Copa do Brasil

O atacante Diego Souza, peça fundamental no elenco do Grêmio para enfrentar o Palmeiras na final da Copa do...

Flamengo perde do São Paulo, mas é bicampeão brasileiro com tropeço do Inter

Uma derrota indolor confirmou ao Flamengo o segundo título brasileiro consecutivo nesta quinta-feira. O time não fez sua parte...

A atleta de fisiculturismo Estefânia Borges, 26, gaúcha e moradora de Itajaí, venceu na última semana o Campeonato Sul-Americano em São Paulo (SP), organizado pela National Amateur Body-Builders Association NABBA WFF, considerada a mais antiga entidade representante do bodybuilding mundial. O campeonato reuniu os melhores atletas do Brasil na federação, além de competidores de outros países como Paraguai, Bolívia, México, Peru e Argentina.

“Estou muito feliz e todo o apoio recebido só me motiva ainda mais para trazer ao Brasil o título do Pan-Americano no ano que vem. Afinal, foram inúmeras pessoas que acreditaram no meu potencial já que os recursos para poder ir a São Paulo e participar do campeonato foram graças às contribuições recebidas por meio de vaquinha on-line, de rifas, além do apoio da divulgação da imprensa. Essa conquista, portanto, é de todos. O fisiculturismo é um esporte coletivo porque apesar de depender da disciplina do atleta o resultado só vem com um esforço conjunto”, diz a atleta e jornalista Estefânia Borges.

Estefânia Borges conquistou o título na categoria (1,63) da Wellness, além de levar o troféu overall, (campeã das campeãs) entre todos os atletas com diferentes alturas e idades da Wellness.

- Publicidade -

A categoria avalia critérios como formato e aparência muscular, com estrutura harmônica em termos de forma e proporção. Engloba o típico corpo da mulher brasileira, onde são avaliadas as atletas que têm coxas e glúteos volumosos, cintura fina, conservam o corpo feminino e exibem pouco percentual de gordura. Tom de pele, traje, postura, presença de palco e habilidade de posar são mais diferenciais.

Contagem regressiva

Com o título sul-americano a atleta está classificada para mais um desafio: o Campeonato Pan-Americano que ocorre no México em outubro de 2021. Interessados em patrocinar a atleta podem falar com ela diretamente pelo Inbox do Instagram @estefania.borgesatleta.

A atleta

Estefânia Borges treina musculação desde os 16 anos e começou a competir no final de 2019, na IFBB Pro League Santa Catarina na categoria wellness. Em pouco mais de um ano da sua estreia no esporte, em novembro de 2020, conquistou o troféu de campeã na categoria de até 1,63m e o troféu de campeã (campeã dos campeões). Nesse campeonato da NABBA WFF conquistou a vaga para disputar o Sul-Americano e também foi a vencedora.

Para inspirar pessoas através do seu exemplo, Estefânia costuma postar o seu dia-a-dia de preparação nas redes sociais. No Instagram (@estefania.borgesatleta) é possível acompanhar os treinos, hábitos alimentares e a rotina do esporte.

- Publicidade -


Fonte: Rotas Comunicação
- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -

Faleceu Mãe Diana de Iemanjá

Diana Gutzmacher, Mãe de Santo, conhecida por suas previsões e trabalhos, faleceu aos 71 anos, neste domingo (28), vítima...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -