- Publicidade -
26 C
Balneário Camboriú

Bruno Soares e Mate Pavic encerram a temporada como a melhor dupla do mundo

Leia também

Bolsa Atleta e Fundesporte deverão ter editais lançados até meados deste mês

A Fundação Municipal de Esportes planeja publicar os editais do programa Bolsa Atleta e do Fundesporte até meados deste...

Internacional anuncia o técnico Miguel Ángel Ramírez com contrato de dois anos

O Internacional anunciou, nesta terça-feira, que o espanhol Miguel Ángel Ramírez é o novo técnico da equipe gaúcha. O...

Flamengo ultrapassa Palmeiras e é o líder do ranking dos clubes da CBF

A conquista recente do título brasileiro colocou o Flamengo na liderança do ranking de clubes da CBF, ultrapassando o...

Mesmo com a precoce eliminação ainda na fase de grupos do ATP Finals, torneio em Londres que reúne os melhores tenistas da temporada, o brasileiro Bruno Soares e seu parceiro croata Mate Pavic vão terminar o ano como a dupla número 1 de 2020. Os dois foram beneficiados pela derrota de seus principais perseguidores, o norte-americano Rajeev Ram e o britânico Joe Salisbury, em uma das semifinais deste sábado para o austríaco Jurgen Melzer e o francês Edouard Roger-Vasselin por 2 sets a 1 – com parciais de 6/7 (4/7), 6/3 e 11 a 9 no match tie-break.

“Mais um objetivo alcançado. É um momento muito especial, ainda mais depois de um dia frustrante como ontem (sexta-feira). Nada como um dia após o outro. Hoje (sábado) não pudemos estar dentro de quadra, competindo e brigando pelo título como a gente queria, mas vamos dormir como campeões mundiais. É um grande orgulho e uma grande honra, mais uma vez depois de 2016 repetir esse feito, é algo realmente muito especial. Sem dúvidas é pra comemorar. É mais um marco da minha carreira que tenho que curtir muito”, comemorou Bruno Soares, feliz com a conquista.

- Publicidade -

O final de temporada da dupla após a paralisação do circuito profissional pela pandemia do novo coronavírus foi marcado pelos ótimos resultados. Além do título no US Open, a dupla foi vice-campeã em Roland Garros e no Masters 1000 de Paris. “Acho que o momento mais especial do ano foi o título no US Open. Ainda mais por toda a situação de estar voltando da pausa de seis meses do circuito e também de ter me recuperado do coronavírus nos 45 do segundo tempo pra poder competir”, destacou Bruno Soares.

Esta é a segunda vez que o brasileiro recebe o título. Em 2016, ao lado do britânico Jamie Murray, Bruno Soares também terminou a temporada no topo do ranking após conquistar os títulos no Aberto da Austrália e no US Open. Em 2021, o brasileiro voltará a ter o irmão mais velho de Andy Murray, ex-número 1 em simples, como seu parceiro.

FINAL – Neste domingo, Jurgen Melzer e Edouard Roger-Vasselin farão a decisão da chave de duplas do ATP Finals contra o holandês Wesley Koolhof e o croata Nikola Mektic, que se classificaram ao venceram a semifinal deste sábado contra o espanhol Marcel Granollers e o argentino Horacio Zeballos por 2 sets a 0, com as parciais de 6/3 e 6/4.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -

Entidades ligadas à proteção de animais revisaram protocolo de atendimento, que ficou mais severo

A aprovação da Lei Sansão, que alterou a Lei de Crimes Ambientais (Lei nº 9.605) e que prevê punições...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -