- Publicidade -
20.3 C
Balneário Camboriú

Djokovic iguala recorde de Federer em número de semanas na liderança do ranking

Leia também

BC Investimentos finaliza sondagem de investidores no Morro do Careca, Passarela da Barra e Mercado Público

A presidente da BC Investimentos, Maria Pissaia disse que nesta sexta-feira (10) encerra as entrevistas com as empresas interessadas...

19 milhões de brasileiros passaram fome em 2020: em Balneário, campanhas seguem, mas precisam de apoio

Por que não transformar locais de vacinação em postos de arrecadação de alimentos?

Homem é preso com arma e R$ 25 mil em dinheiro em Balneário Camboriú

Um homem de 36 anos foi preso, na quinta-feira (8), com uma pistola e R$ 25 mil em dinheiro,...

Ladrões com motocicleta assaltam dono de Ferrari à luz do dia em Balneário Camboriú

Dois motociclistas assaltaram um homem que dirigia uma Ferrari, por volta do meio-dia, na Rua 2.100, centro de Balneário...

Inclusão Social faz mutirão ‘Não dê esmola, dê oportunidades’ em lojas e condomínios de Balneário Camboriú

A prefeitura, através da Secretaria da Inclusão Social começou há 10 dias um mutirão no comércio, prédios e condomínios...
- Publicidade -

Novak Djokovic enfim alcançou o recorde de Roger Federer na liderança do ranking. Nesta segunda-feira, o sérvio igualou a marca de 310 semanas como número 1 do mundo que pertencia ao suíço de forma isolada. Na segunda que vem, ele registrará novo recorde na história do tênis ao completar 311 semanas no topo.

O empate com Federer e o subsequente novo recorde já estavam garantidos a Djokovic desde que Rafael Nadal foi eliminado no Aberto da Austrália, no mês passado. O espanhol era o único que poderia desbancar o sérvio do topo nas semanas seguintes. Agora Djokovic só poderá deixar o posto de número 1 do mundo após bater o recorde de Federer.

- Publicidade -

O atual líder do ranking já avisou que deixará de tratar o topo como prioridade, como vinha fazendo nos últimos meses. A partir de agora ele disse que vai se concentrar na busca por superar outra marca do suíço, que também pertence a Nadal: o recorde de 20 títulos de Grand Slam. Djokovic, ao ser campeão na Austrália, soma 18.

“Agora, após alcançar a marca histórica de semanas na liderança do ranking, terei um pouco de alívio porque agora vou focar toda a minha atenção nos Grand Slams”, disse o sérvio logo após ser campeão do Aberto da Austrália. “Quando você busca o recorde no ranking você precisa jogar a temporada toda e jogar bem todos os torneios.”

Depois de Djokovic e Federer, aparecem na lista de mais semanas na liderança o americano Pete Sampras, com 286 semanas. Ele é seguido pelo checo Ivan Lendl (270), pelo americano Jimmy Connors (268) e por Nadal (209).

O tenista da Suíça, contudo, ainda detém o recorde de semanas seguidas na liderança do ranking. São 237, contra 122 do sérvio, que já avisou que jogará menos torneios nesta temporada para evitar lesões.

- Publicidade -

Djokovic está em sua quinta passagem pelo topo do ranking, que começou em fevereiro do ano passado. Aos 33 anos, ele havia conquistado a posição de número 1 pela primeira vez em 4 de julho de 2011, aos 24 anos.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -