- Publicidade -
26 C
Balneário Camboriú

Em duelo sonolento, Fluminense e Atlético-MG decepcionam e empatam sem gols

Leia também

Inter cede empate no fim ao Pelotas e deixa escapar a segunda vitória no Gaúcho

O Internacional perdeu a oportunidade de conseguir o segundo triunfo no Campeonato Gaúcho ao ceder o empate ao Pelotas,...

CBF define cotas e pode pagar até R$ 73,65 mi ao campeão da Copa do Brasil 2021

A CBF definiu as premiações da edição 2021 da Copa do Brasil e divulgou que o campeão da próxima...

STJD rejeita pedido do Vasco para impugnar jogo com o Inter; clube vai recorrer

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) indeferiu nesta quinta-feira o pedido do Vasco para anular o jogo contra...

Em um jogo sonolento, com apenas alguns lances interessantes nos acréscimos, Fluminense e Atlético-MG empataram, sem gols, nesta quarta-feira, no Maracanã, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado não foi bom para as duas equipes, que brigam pelas primeiras colocações.

O Atlético-MG, que entrou motivado pela derrota do líder Internacional diante do Sport, chegou aos 61 pontos, em terceiro lugar, a cinco do primeiro colocado, enquanto o Fluminense, que sonha com uma vaga na Libertadores, permanece na quinta colocação, agora com 57 pontos.

- Publicidade -

O primeiro tempo foi decepcionante. Para duas equipes que estão entre as primeiras colocadas na classificação do Brasileiro, Fluminense e Atlético-MG disputaram 45 minutos de um pobre futebol.

O Atlético-MG até ficou mais com a bola, mas sem inspiração, só foi levar algum perigo à meta carioca, aos 46 minutos com um chute de Vargas por cima do travessão. O Fluminense foi ainda pior, ao carregar a bola, mas não ter nenhum poder de finalização.

O segundo tempo começou com o Atlético-MG dando a impressão de que poderia imprimir um ritmo mais forte, mas o entusiasmo mineiro durou menos de 15 minutos. Com o passar do tempo, a equipe de Sampaoli voltou a frustrar seu treinador, ao não conseguir realizar nenhuma boa jogada até os 32 minutos.

Em boa oportunidade, Marrony cruzou da esquerda e Savarino, livre, na pequena área, se esticou todo, mas não conseguiu tocar na bola. Aos 46, em um dos poucos chutes de longa distância, Arana fez Marcos Felipe se exercitar um pouco.

- Publicidade -

Já a pouca produção do Fluminense pode ser explicada pela dependência do rendimento do meia Nenê. Com o cansaço do veterano, de 39 anos, no segundo tempo, o time pouco produziu no ataque. Um contragolpe foi conectado aos 47 minutos, mas Fernando Pacheco bateu em cima de Everson, que fez a melhor defesa do jogo, aos 52 minutos, em um belo chute de Michel Araújo.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 0 X 0 ATLÉTICO-MG

FLUMINENSE – Marcos Felipe; Calegari, Matheus Ferraz, Luccas Claro (Frazan) e Egídio; Martinelli, Yago Felipe e Nenê (Michel Araújo); Luiz Henrique (Caio Paulista), Fred (John Kennedy) e Lucca (Fernando Pacheco). Técnico: Marcão.

ATLÉTICO-MG – Everson; Guga, Réver, Júnior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Franco (Calebe) e Hyoran (Marrony); Savarino, Eduardo Sasha (Nathan) e Vargas (Diego Tardelli). Técnico: Jorge Sampaoli.

ÁRBITRO – Luiz Flavio de Oliveira (SP).

CARTÕES AMARELOS – Allan.

RENDA E PÚBLICO – Jogo disputado com portões fechados.

LOCAL – Maracanã.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -

Prefeitura de Balneário Camboriú volta atrás e vai vacinar 80+ no sábado

Ao contrário do que seria lógico, não haverá drive-thru, como aconteceu no último final de semana.
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -