- Publicidade -
19 C
Balneário Camboriú

Galhardo brilha com 3 gols, Inter goleia o Aimoré e vira líder do Gauchão

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Sem fazer força, o Internacional goleou o Aimoré por 6 a 1 fora de casa, nesta quarta, e assumiu a liderança do Campeonato Gaúcho. O time colorado contou com o brilho de Thiago Galhardo, que marcou três vezes na goleada. Heitor, Caio (contra) e Paolo Guerrero, também balançaram as redes no duelo da décima rodada da competição. O peruano fez seu primeiro gol desde agosto do ano passado, quando se lesionou gravemente. A equipe mandante fez o gol solitário com Darlan.

O próximo compromisso do Inter no Estadual é contra o Esportivo, em duelo da 11ª e última rodada da fase de grupos. A partida, porém, ainda não tem data definida. O time gaúcho estreia na Libertadores na próxima terça-feira, 20, diante do Always Ready, na altitude de La Paz, na Bolívia.

- Publicidade -

Jogando fora de casa, o Inter foi eficiente no primeiro tempo. Faltou inspiração em muitos momentos, mas sobrou eficiência no ataque. O primeiro gol saiu em grande estilo, dos pés de Heitor. O lateral pegou o rebote da defesa de Raul no chute de Patrick e acertou uma bomba para abrir o placar aos 18 minutos.

Os anfitriões tiveram uma boa atuação nos primeiros 45 minutos, encontraram espaços na defesa adversária e só não balançaram as redes porque a pontaria não estava em dia. Darlan passou perto de marcar, mas não alcançou. Neto Baiano levou perigo em cobrança de falta e Isaías passou perto de marcar depois de driblar Rodrigo Dourado, Marcelo Lomba, mas chutar para fora. Depois, o goleiro colorado fez linda defesa em arremate de Neto Baiano.

Na sequência à defesa de Lomba, o Inter foi para o ataque e conseguiu um pênalti. Edenilson cruzou para Praxedes, que foi derrubado por Bruno Ferreira na área. Na cobrança, Thiago Galhardo deu uma linha e abusada cavadinha e ampliou o placar.

No fim da primeira etapa, o árbitro expulsou dois jogadores, um de cada lado. Víctor Cuesta recebeu o vermelho por deixar o braço em Marabá, que acabou expulso após entrada em Edenílson. Nos acréscimos, após cruzamento da direita, Neto Baiano mandou para o fundo das redes, mas o atacante estava impedido e o gol foi anulado.

- Publicidade -

No movimentado segundo tempo, o Inter deslanchou e definiu o triunfo em poucos minutos. Aos três, Neto Baiano cometeu pênalti ao colocar a mão na bola. Na cobrança, porém, Patrick isolou. Não fez falta, já o meio-campista se redimiu com uma assistência para Thiago Galhardo, livre, marcar o terceiro três minutos depois.

Aos nove, Darlan aproveitou descuido da defesa após cobrança de escanteio e descontou de cabeça. A reação do time de São Leopoldo, contudo, não passou disso. E aos 16, a zaga dos donos da casa voltou a falhar e deixou Galhardo à vontade para fazer o seu terceiro gol no jogo e transformar a vitória em goleada. No lance, o goleador driblou o goleiro com tranquilidade e empurrou para as redes.

Com a larga vantagem, o Inter se defendeu bem e o técnico Miguel Ángel Ramírez aproveitou para fazer testes e dar ritmo a alguns jogadores, como o peruano Paolo Guerrero, que se recuperou recentemente de uma grave lesão no joelho.

No fim, ainda deu tempo para marcar mais duas vezes. O quinto foi marcado por Tcharles, contra, e o sexto saiu dos pés de Guerrero. O atacante recebeu na área, fintou o marcador e bateu bonito no canto esquerdo para selar o massacre. Foi seu primeiro gol desde agosto do ano passado, quando rompeu os ligamentos do joelho.

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,734FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,582SeguidoresSeguir
11,600InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
×

Olá, leitor

Sugestões de pautas, informações em geral.

×