- Publicidade -
24 C
Balneário Camboriú

Inter joga mal, empata com o Athletico-PR e tem série de vitórias encerrada

- publicidade -

Leia também

IMAS assumirá a gestão do PA da Barra em maio: empresa já administra a UPA Nações

Unidade terá pediatra 24h, um pedido antigo da comunidade

Gotardo aprova requerimento de convocação sobre transporte público

O Legislativo de Balneário Camboriú aprovou na sessão desta quarta-feira, 14, um requerimento protocolado pelo vereador Lucas Gotardo, do...

Balneário Camboriú presente no seminário sobre cidades amigas do idoso

A Secretaria da Pessoa Idosa de Balneário Camboriú irá participar, nesta sexta-feira (16), às 14h, do seminário online ‘Relatos...

Anny de Bassi na equipe brasileira que vai ao Mundial de Revezamento na Polônia em maio

A velocista Anny Caroline de Bassi (23 anos), de Balneário Camboriú, foi convocada para integrar a equipe brasileira que...

Empreendedor de Balneário Camboriú cria produto inovador com o Programa ALI do Sebrae/SC

O empresário Ricardo Calikevstz, proprietário da Italicus Pane & Pasta, de Balneário Camboriú, encontrou no Programa Agentes Locais de...
- Publicidade -

O Internacional chegou à Arena da Baixada nesta quinta-feira ostentando a liderança e uma série recorde de nove vitórias seguidas no Brasileirão, com direito a goleada histórica sobre o São Paulo e triunfo em Gre-Nal. Mas a sequência chegou ao fim com um melancólico 0 a 0 com o Athletico-PR, em Curitiba, numa das piores atuações do time gaúcho no campeonato.

De quebra, o time de Abel Braga viu o Flamengo fazer a lição de casa, ao vencer o Vasco em casa, e reduzir a vantagem do líder na tabela. O Inter soma 66 pontos, contra 64 do rival carioca. Já a equipe de Curitiba ocupa o 10º lugar, com 46 pontos.

- Publicidade -

O resultado na Arena da Baixada esquentou a briga pelo título do Brasileirão. Faltando agora apenas quatro rodadas para o fim da competição, o Inter lidera por apenas dois pontos. Mas ainda haverá confronto direto com o Flamengo na penúltima rodada, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

Na próxima rodada, o time gaúcho vai duelar com o Sport, no Beira-Rio, no dia 10. E o Fla vai visitar o Red Bull Bragantino no dia 7.

O JOGO – Inter e Athletico têm ambições diferentes no Brasileirão. Enquanto um briga pelo título, o outro sonha com vaga na Libertadores. Mas um desavisado que não soubesse as posições das duas equipes na tabela poderia se confundir ao ver o primeiro tempo na Arena da Baixada.

Mais adaptado à grama sintética do estádio, o Athletico não apenas comandou as ações como impôs forte domínio em campo, exibindo até 75% de posse de bola na metade do primeiro tempo. Superior tecnicamente e também nas iniciativas, ameaçou com maior perigo aos 18 minutos, quando Léo Cittadini acertou a trave.

- Publicidade -

Assustado, o Inter respondeu rapidamente. Aos 21, Yuri Alberto até balançou as redes, mas o árbitro anulou o lance por impedimento. Mais atento, o time gaúcho voltou à carga aos 23, quando Rodinei encheu o pé de fora da área e acertou o pé da trave direita do goleiro Santos. O lateral, por sinal, foi o melhor jogador do Inter na etapa inicial.

Exibindo certa apatia, o líder do campeonato só despertou no 10 minutos finais. O Inter permanecia mais tempo no ataque e cercava a defesa paranaense. Na melhor oportunidade, Praxedes quase abriu o placar de cabeça, aos 45 minutos.

O segundo tempo repetiu o mesmo roteiro. O Athletico tomava a iniciativa, enquanto o time gaúcho esperava, na defesa, pelas investidas dos anfitriões. A equipe de Abel Braga apostava no contra-ataque, quase jogando por uma bola. Praticamente não tinha meio-campo e o ataque se resumia a tentativas discretas de Patrick, pela esquerda.

Quase abdicando de jogar, o Inter só chegava ao ataque em lances de bola parada, sem maior perigo. Não havia tramas ou trocas de passe no setor ofensivo. Do outro lado, o Athletico era mais organizado taticamente. Só não levava mais perigo e jogava pela vitória por causa das limitações técnicas da equipe. Numa boa chance, Nikão arriscou de longe, mas Lomba defendeu com tranquilidade, aos 29.

Nos instantes finais, o jogo se tornou mais aberto, com as duas equipes se lançando ao ataque, porém com muitos erros. O 0 a 0 acabou refletindo o desempenho dos dois times na Arena da Baixada.

FICHA TÉCNICA:

ATHLETICO-PR 0 x 0 INTERNACIONAL

ATHLETICO-PR – Santos; Jonathan (Zé Ivaldo), Pedro Henrique, Thiago Heleno, Abner Vinícius; Richard, Léo Cittadini (Renato Kayzer), Fernando Canesin (Christian), Jadson (Reinaldo), Nikão; Carlos Eduardo (Vitinho). Técnico: Paulo Autuori.

INTERNACIONAL – Marcelo Lomba; Rodinei, Lucas Ribeiro, Víctor Cuesta, Moisés; Rodrigo Lindoso (Zé Gabriel), Edenílson, Praxedes (Johnny), Marcos Guilherme (Peglow), Patrick (Caio); Yuri Alberto (Abel Hernández). Técnico: Abel Braga.

CARTÕES AMARELOS – Thiago Heleno, Léo Cittadini, Lindoso, Richard.

ÁRBITRO – Ricardo Marques Ribeiro (MG).

RENDA E PÚBLICO – Jogo sem torcida.

LOCAL – Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Anny de Bassi na equipe brasileira que vai ao Mundial de Revezamento na Polônia em maio

A velocista Anny Caroline de Bassi (23 anos), de Balneário Camboriú, foi convocada para integrar a equipe brasileira que disputará o Campeonato Mundial de...

Comunidade relata problemas com recicladoras em Balneário Camboriú: há até informações de crimes, como tráfico e receptação

A comunidade dos bairros Municípios e Vila Real procurou o Página 3 após a publicação de matéria a respeito do abaixo assinado criado pela...

Entidades farão limpeza do Rio Camboriú que recebe cerca de 40t de esgoto todos os dias

Várias entidades de Balneário Camboriú e região estarão participando da 2a Ação Integrada de Limpeza do Rio Camboriú, no próximo dia 24. As inscrições...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -