- Publicidade -
17.9 C
Balneário Camboriú

Medvedev derrota Nadal de virada e faz a decisão do ATP Finals contra Thiem

- publicidade -

Leia também

Vacinação contra Influenza inicia nesta terça para idosos 70+

A Secretaria da Saúde inicia a segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus Influenza para idosos,...

Aulas e oficinas na Casa da Mulher e no Centro da Rua Itália retornam na segunda-feira

A partir de segunda-feira (10) iniciam as aulas de alongamento, fortalecimento muscular, pilates, fit dance, inglês, dentre outras oficinas,...

Entrevista com Luciana Andréa de Jesus: “A natureza é sábia e normalmente a planta que você precisa nasce no seu entorno”

Luciana Andréa de Jesus, 51, catarinense de Blumenau, moradora de Balneário Camboriú há quase quatro décadas (1984), onde estudou...

Casal que foi despejado pede ajuda, Resgate Social diz que eles não aceitaram ir para Casa de Passagem

O Página 3 foi procurado por leitores que informaram sobre a situação de um casal que está na rua...

Psicóloga aborda “Maternidade ideal versus possível” em livro sobre Primeira Infância

A maternidade envolve uma série de aprendizados práticos como trocar fraldas, entender a pega correta da amamentação, aplicar técnicas...
- Publicidade -

Com boas jogadas e um pouco de sorte, especialmente no segundo set, o russo Daniil Medvedev conseguiu neste sábado vencer de virada o espanhol Rafael Nadal, número 2 do mundo, por 2 sets a 1 – com parciais de 3/6, 7/6 (7/4) e 6/3, em 2 horas e 35 minutos – e se classificou à decisão do ATP Finals, torneio em Londres que reúne os melhores tenistas da temporada.

Neste domingo, Medvedev enfrenta o austríaco Dominic Thiem, que passou ao ganhar do sérvio Novak Djokovic, lider do ranking. O histórico de confrontos é desfavorável para o russo, que venceu apenas uma vez em quatro duelos anteriores. No único jogo entre eles em 2020, Thiem levou a melhor em sets diretos na semifinal do US Open.

- Publicidade -

Único jogador invicto nesta edição do ATP Finals, Medvedev marcou a sua nona vitória seguida no circuito profissional – há duas semanas, conquistou o Masters 1000 de Paris, na França. Aos 24 anos, o russo disputará a sua 15.ª final de ATP e busca o nono troféu. O atual número 4 do mundo busca um título inédito em sua carreira.

Quem segue sem vencer o ATP Finals é Nadal. A competição é uma das únicas, dos principais eventos do tênis, que o espanhol ainda não possui no seu currículo de 86 troféus de simples, 11 de duplas e que ainda inclui duas medalhas de ouro olímpicas. Em sua 10.ª participação no torneio, chegou pela sexta vez à semifinal. Tem dois vice-campeonatos, já que perdeu as finais de 2010, para o suíço Roger Federer, e de 2013, para Djokovic.

Em quadra, o jogo começou equilibrado, mas com pequena superioridade de Medvedev, que conseguiu dois break points logo no terceiro game. Atento, Nadal se recuperou, confirmou o serviço e desestabilizou o russo. No oitavo game, o espanhol conseguiu a quebra do saque, fazendo 5/3. Sacando para o set, coube ao número 2 do mundo fazer 6/3 e abrir 1 a 0 na partida.

A segunda parcial foi a mais imprevisível e emocionante. Medvedev começou e abriu 3/0. Pouco depois, quando perdia por 4/1, Nadal salvou um break point que poderia deixá-lo em situação delicada no set e confirmou o serviço. O game deu confiança ao espanhol, que devolveu a quebra na sequência.

- Publicidade -

Mas após conseguir nova quebra, virar para 5/4 e sacar para fechar a partida, Nadal errou muito, desperdiçou um match point e ainda viu Medvedev empatar a parcial. Para piorar mais a situação do espanhol, o russo conseguiu nova virada (6/5), obrigando-o a sacar para forçar o tie-break, o que conseguiu sem sustos.

No tie-break, Medvedev começou melhor, abrindo 4 a 1. Mais preciso, o russo continuou dominando até fazer 6 a 3 e ter três set points. Em situação muito difícil, Nadal ainda diminuiu, mas não resistiu ao adversário, que fechou em 7/4, empatando a partida.

O terceiro set começou equilibrado com os dois tenistas arriscando pouco. No sétimo game, porém, Medvedev conseguiu o primeiro break-point, quebrando o serviço de Nadal na sequência. Com 5/3 a seu favor, o russo passou a depender apenas de si para vencer a partida e não titubeou, fechando o set em 6/3.

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,712FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,594SeguidoresSeguir
11,600InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Aulas e oficinas na Casa da Mulher e no Centro da Rua Itália retornam na segunda-feira

A partir de segunda-feira (10) iniciam as aulas de alongamento, fortalecimento muscular, pilates, fit dance, inglês, dentre outras oficinas, na Casa da Mulher, que...

Entrevista com Luciana Andréa de Jesus: “A natureza é sábia e normalmente a planta que você precisa nasce no seu entorno”

Luciana Andréa de Jesus, 51, catarinense de Blumenau, moradora de Balneário Camboriú há quase quatro décadas (1984), onde estudou Administração e Contábeis, mas não...

Casal que foi despejado pede ajuda, Resgate Social diz que eles não aceitaram ir para Casa de Passagem

O Página 3 foi procurado por leitores que informaram sobre a situação de um casal que está na rua após serem despejados da casa...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
×

Olá, leitor

Sugestões de pautas, informações em geral.

×