- Publicidade -
17 C
Balneário Camboriú

São Paulo vira sobre o Goiás e sobe para o terceiro lugar no Brasileirão

- publicidade -

Leia também

Vacinação contra Influenza inicia nesta terça para idosos 70+

A Secretaria da Saúde inicia a segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus Influenza para idosos,...

Aulas e oficinas na Casa da Mulher e no Centro da Rua Itália retornam na segunda-feira

A partir de segunda-feira (10) iniciam as aulas de alongamento, fortalecimento muscular, pilates, fit dance, inglês, dentre outras oficinas,...

Entrevista com Luciana Andréa de Jesus: “A natureza é sábia e normalmente a planta que você precisa nasce no seu entorno”

Luciana Andréa de Jesus, 51, catarinense de Blumenau, moradora de Balneário Camboriú há quase quatro décadas (1984), onde estudou...

Casal que foi despejado pede ajuda, Resgate Social diz que eles não aceitaram ir para Casa de Passagem

O Página 3 foi procurado por leitores que informaram sobre a situação de um casal que está na rua...

Psicóloga aborda “Maternidade ideal versus possível” em livro sobre Primeira Infância

A maternidade envolve uma série de aprendizados práticos como trocar fraldas, entender a pega correta da amamentação, aplicar técnicas...
- Publicidade -

Por Guilherme Bianchini, especial para a AE

Sem se abater pela eliminação na Copa Sul-Americana, o São Paulo confirmou a boa fase no Campeonato Brasileiro ao vencer o Goiás por 2 a 1, neste sábado, no estádio do Morumbi, na capital paulista, pela 20.ª rodada. Após Fernandão abrir o placar, o time tricolor virou com gols de Brenner e Igor Gomes para chegar a 33 pontos e assumir a terceira colocação.

- Publicidade -

Com o resultado, o São Paulo acumula 10 partidas de invencibilidade na competição nacional – cinco vitórias e cinco empates. Com duas partidas a menos que os líderes Internacional e Flamengo, que ainda jogam na rodada, o time paulista está apenas dois pontos atrás dos primeiros colocados. Com um ponto a menos, Atlético-MG e Fluminense também entram em campo neste domingo.

Com apenas 12 pontos em 18 jogos, o Goiás amarga a lanterna do Brasileirão. No caminho oposto do São Paulo, o clube esmeraldino chegou à 10.ª partida consecutiva sem saber o que é vitória.

O esperado cenário de ataque contra defesa apareceu assim que o árbitro apitou o início da partida. Sem Tchê Tchê (desfalque de última hora ao testar positivo para a covid-19) e Daniel Alves (suspenso), o São Paulo encontrou dificuldades para superar a forte marcação esmeraldina. Apesar da posse de bola superar os 70%, o time tricolor ainda não havia criado uma grande chance quando sofreu o primeiro contragolpe do Goiás, que acabou abrindo o placar aos 19 minutos.

Em tabela rápida com Fernandão, Vinícius Lopes invadiu a área e foi bloqueado pela defesa, mas ficou com a sobra. Ele teve calma para dominar e rolar para Fernandão, que só teve o trabalho de empurrar para o gol vazio. Foi o primeiro do atacante pelo novo clube, em sua quinta partida com a camisa esmeraldina – segunda como titular.

- Publicidade -

Mesmo com o baque, o São Paulo não demorou a reagir. Depois de Vitor Bueno perder boa chance ao se enrolar com a bola, brilhou a estrela de Brenner, aos 24 minutos. Em grande fase, o jovem marcou pela 11.ª vez em 10 partidas, em lance polêmico. O atacante recebeu cruzamento de Juanfran e cabeceou forte. O goleiro Tadeu espalmou, mas a arbitragem deu o gol ao considerar que a bola ultrapassou a linha.

Os cruzamentos, por sinal, foram a principal alternativa dos paulistas ao longo da partida. Mas foi pelo chão que surgiu a melhor chance da virada no primeiro tempo. Em jogada pela esquerda, Vitor Bueno encontrou Brenner na área, que ajeitou e soltou a bomba com a perna esquerda. De mão trocada, Tadeu fez bela defesa para evitar o segundo.

Descontente com a atuação da equipe na volta do intervalo, o técnico Fernando Diniz promoveu duas alterações após 10 minutos de pouca inspiração. Repetindo a estratégia adotada contra o Lanús, na última quarta-feira, tirou um zagueiro (Diego Costa) e botou um atacante (Pablo), além de trocar Vitor Bueno por Hernanes.

As mudanças não surtiram o efeito esperado, apesar de Hernanes ter se mostrado bastante participativo na criação de jogadas. Foi o Goiás quem assustou aos 19 minutos, mais uma vez com Fernandão. O atacante subiu no terceiro andar e cabeceou no canto para grande defesa do goleiro Tiago Volpi.

O empate parecia destinado a permanecer, mas o São Paulo chegou à virada aos 33 minutos. Depois de ligação direta da zaga tricolor, a defesa do Goiás bateu cabeça e não conseguiu afastar a bola. Igor Gomes ficou com a sobra, ajeitou com o peito e chutou rasteiro, sem chances para Tadeu. Mesmo com a derrota, o goleiro voltou a ser o melhor jogador esmeraldino.

A entrada de Arboleda no lugar de Brenner não serviu para segurar a vantagem contra o Lanús, mas Fernando Diniz repetiu a substituição para recompor a defesa diante do Goiás. Sem poder de reação, o lanterna ainda teve Breno expulso, já nos acréscimos.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 2 x 1 GOIÁS

SÃO PAULO – Tiago Volpi; Juanfran (Igor Vinícius), Diego Costa (Pablo), Bruno Alves e Reinaldo; Luan, Gabriel Sara (Rodrigo Nestor), Vitor Bueno (Hernanes) e Igor Gomes; Luciano e Brenner (Arboleda). Técnico: Fernando Diniz.

GOIÁS – Tadeu; Juan Pintado, David Duarte, Chico (Heron) e Caju; Breno, Ariel Cabral, Vinícius Lopes, Gilberto (Sandro) e Douglas Baggio (Victor Andrade); Fernandão (Rafael Moura). Técnico: Enderson Moreira.

GOLS – Fernandão, aos 19, e Brenner, aos 24 minutos do primeiro tempo; Igor Gomes, aos 33 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Gabriel Sara e Luan (São Paulo).

CARTÃO VERMELHO – Breno (Goiás).

ÁRBITRO – Gilberto Rodrigues Castro Júnior (PE).

RENDA E PÚBLICO – Jogo com portões fechados.

LOCAL – Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP).

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,712FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,594SeguidoresSeguir
11,600InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Aulas e oficinas na Casa da Mulher e no Centro da Rua Itália retornam na segunda-feira

A partir de segunda-feira (10) iniciam as aulas de alongamento, fortalecimento muscular, pilates, fit dance, inglês, dentre outras oficinas, na Casa da Mulher, que...

Entrevista com Luciana Andréa de Jesus: “A natureza é sábia e normalmente a planta que você precisa nasce no seu entorno”

Luciana Andréa de Jesus, 51, catarinense de Blumenau, moradora de Balneário Camboriú há quase quatro décadas (1984), onde estudou Administração e Contábeis, mas não...

Casal que foi despejado pede ajuda, Resgate Social diz que eles não aceitaram ir para Casa de Passagem

O Página 3 foi procurado por leitores que informaram sobre a situação de um casal que está na rua após serem despejados da casa...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
×

Olá, leitor

Sugestões de pautas, informações em geral.

×