- Publicidade -
19 C
Balneário Camboriú

Verstappen festeja vitória em Ímola e discute com Hamilton sobre possível toque

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Max Verstappen se vingou de Lewis Hamilton, dando o troco e ganhando a segunda corrida da temporada de Fórmula 1. Assumiu a liderança da prova em ultrapassagem que gerou discussão com o inglês por possível toque, na largada, e seguiu na frente até o fim. Após subir no topo mais alto do GP da Emilia-Romagna, na Itália, o holandês evitou um discurso eufórico e achou muito cedo para falar em briga por título em uma “temporada longa.” Ele ainda pediu calma após vitória em “corrida muito difícil”.

Verstappen preferiu pontuar o ótimo trabalho diante das dificuldades encontradas numa pista molhada, com muitos acidentes e de enorme risco de direção, na qual ganhou a liderança na largada para nunca mais perder.

- Publicidade -

“Foi uma corrida difícil, principalmente no início, pois era difícil permanecer na pista”, afirmou. “Então, à medida que os pneus se deterioravam, era fundamental escolher o momento perfeito para mudá-los para os secos. Houve um problema na entrada do pit, mas tirando isso deu tudo certo e estou feliz.”

O holandês não assumiu a liderança no Mundial de Pilotos pelo fato de Lewis Hamilton ter cravado a melhor volta e levado um ponto a mais. O holandês, com a vitória, subiu para 43, mas o heptacampeão segue em primeiro, com 44. Ele sabe, contudo, que a tão sonhada e inédita liderança um dia vai chegar. “Temos nos esforçado muito e, com estas condições difíceis, conseguimos fazer um bom trabalho. É uma temporada muito longa, você tem que manter a calma.”

Óbvio que não escaparia de polêmica com o britânico. Tudo por um possível toque na ultrapassagem da largada. Hamilton acusou que sim, Verstappen desconversou e eles ficaram num jogo de acusações após a corrida.

“Acho que não nos tocamos”, afirmou Verstappen. “Sim, sim”, respondeu Hamilton. “Nós nos tocamos?”, questionou um incrédulo holandês. “Eu preciso ver o vídeo então”, falou. As farpas seguiram. “Minha placa terminal foi danificada”, disparou o piloto da Mercedes. “Acho que não nos tocamos! Tenho de assistir ao vídeo novamente”, retrucou o piloto da Red Bull.

- Publicidade -

Independentemente disso, Hamilton assumiu que não largou bem. “Não tive uma boa largada”, admitiu. “Max teve uma largada melhor do que eu e acho que estava um pouco à frente na curva 2, mas estava basicamente evitando que fôssemos juntos. Max estava acabando de atravessar, então tivemos aquele toque e eu tive que usar a saída, passar por aquelas lombadas grandes, mas estou grato por ter passado por isso e não danificar muito mais do que a placa terminal.”

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,734FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,582SeguidoresSeguir
11,600InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
×

Olá, leitor

Sugestões de pautas, informações em geral.

×