- Publicidade -
21 C
Balneário Camboriú

Conveniência Pico, de Balneário Camboriú, é interditada: local é alvo de aglomerações constantes

- publicidade -

Leia também

Comandante da PM fala sobre redução nos índices de homicídios e roubos em Balneário

Nos quatro primeiros meses deste ano, Balneário Camboriú registrou uma redução de 62,5%, no número de homicídios e 68%...

Vacinação contra Influenza inicia nesta terça para idosos 70+

A Secretaria da Saúde inicia a segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus Influenza para idosos,...

Curta ‘Mulheres do Mar’ estreia em live nesta sexta

A pesca artesanal, patrimônio cultural de Santa Catarina, é fonte de renda e emprego para muitas famílias, sendo considerada...

Sete projetos da Escola de Artes da Univali são habilitados na Lei de Incentivo à Cultura de Balneário Camboriú

Sete projetos da Escola de Artes, Comunicação e Hospitalidade da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) estão entre os...

Aulas e oficinas na Casa da Mulher e no Centro da Rua Itália retornam na segunda-feira

A partir de segunda-feira (10) iniciam as aulas de alongamento, fortalecimento muscular, pilates, fit dance, inglês, dentre outras oficinas,...
- Publicidade -

A Conveniência Pico, que fica na Quarta Avenida, esquina com a Rua 2.870, foi interditada pela Fiscalização na noite de quarta-feira (6). O local, que já é chamado de ‘Picovid’, foi alvo de outras denúncias e o responsável já havia sido intimado anteriormente a se regularizar, mas não cumpriu com a ordem.

Segundo a assessoria, os Fiscais de Posturas, com apoio da Guarda Municipal, foram até o local após receberem denúncia de aglomeração. Há uma praça na frente do Pico onde os clientes – em sua maioria jovens e pelas fotos encaminhadas todos sem máscara – costumam aglomerar, assim como também no estabelecimento.

- Publicidade -

O Pico foi interditado por sete dias por estar descumprindo as medidas de distanciamento, ocupação e por ter aglomeração. A conveniência já havia sido anteriormente notificada e multada no valor de 16 UFM (R$ 5.025,28) por denúncias de aglomeração e perturbação de sossego.

Ao Página 3, a prefeitura informou que o responsável já havia sido intimado e não cumpriu as ordens, assim foi multado e agora o local foi interditado por não ter surtido efeito a multa de R$ 5 mil. A Guarda Municipal também já havia ido ao local outras vezes para coibir aglomerações, que normalmente acontecem na praça que fica em frente à conveniência.

O trabalho da Fiscalização acontece todos os dias, com plantão 24h, e denúncias podem ser feitas pelo WhatsApp 47 99232-0187 ou pelo 153 da Guarda Municipal.

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,714FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,594SeguidoresSeguir
11,600InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Vacinação contra Influenza inicia nesta terça para idosos 70+

A Secretaria da Saúde inicia a segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus Influenza para idosos, nesta terça-feira. Para evitar aglomerações,...

Curta ‘Mulheres do Mar’ estreia em live nesta sexta

A pesca artesanal, patrimônio cultural de Santa Catarina, é fonte de renda e emprego para muitas famílias, sendo considerada uma atividade tradicional e secular,...

Sete projetos da Escola de Artes da Univali são habilitados na Lei de Incentivo à Cultura de Balneário Camboriú

Sete projetos da Escola de Artes, Comunicação e Hospitalidade da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) estão entre os 44 habilitados pela Lei de...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
×

Olá, leitor

Sugestões de pautas, informações em geral.

×