- Publicidade -
28 C
Balneário Camboriú

Conveniência Pico, de Balneário Camboriú, é interditada: local é alvo de aglomerações constantes

Leia também

Encontro do Anjos da Vida aborda abuso sexual nesta segunda

O Grupo de Estudos e Apoio à Adoção Anjos da Guarda, de Balneário Camboriú, convida para o encontro do...

Justiça suspende aulas presenciais no Rio Grande do Sul durante ‘bandeira preta’

A Justiça do Rio Grande do Sul suspendeu as aulas presenciais das redes pública e privada do Estado durante...

“É uma atitude drástica que precisava ser tomada”, diz secretária de Saúde sobre o lockdown

A secretária de Saúde de Balneário Camboriú, Leila Crócomo, disse que apesar de ‘drástica’, a atitude do governo do...

A Conveniência Pico, que fica na Quarta Avenida, esquina com a Rua 2.870, foi interditada pela Fiscalização na noite de quarta-feira (6). O local, que já é chamado de ‘Picovid’, foi alvo de outras denúncias e o responsável já havia sido intimado anteriormente a se regularizar, mas não cumpriu com a ordem.

Segundo a assessoria, os Fiscais de Posturas, com apoio da Guarda Municipal, foram até o local após receberem denúncia de aglomeração. Há uma praça na frente do Pico onde os clientes – em sua maioria jovens e pelas fotos encaminhadas todos sem máscara – costumam aglomerar, assim como também no estabelecimento.

- Publicidade -

O Pico foi interditado por sete dias por estar descumprindo as medidas de distanciamento, ocupação e por ter aglomeração. A conveniência já havia sido anteriormente notificada e multada no valor de 16 UFM (R$ 5.025,28) por denúncias de aglomeração e perturbação de sossego.

Ao Página 3, a prefeitura informou que o responsável já havia sido intimado e não cumpriu as ordens, assim foi multado e agora o local foi interditado por não ter surtido efeito a multa de R$ 5 mil. A Guarda Municipal também já havia ido ao local outras vezes para coibir aglomerações, que normalmente acontecem na praça que fica em frente à conveniência.

O trabalho da Fiscalização acontece todos os dias, com plantão 24h, e denúncias podem ser feitas pelo WhatsApp 47 99232-0187 ou pelo 153 da Guarda Municipal.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -

É iminente o colapso generalizado do sistema de saúde do País

18 Estados já têm mais de 80% de UTIs lotadas e secretários querem lockdown
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -