- Publicidade -
19 C
Balneário Camboriú

É preciso cobrar do governo federal postura sobre outras vacinas, diz Doria

- publicidade -

Leia também

Vacinação contra Influenza inicia nesta terça para idosos 70+

A Secretaria da Saúde inicia a segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus Influenza para idosos,...

Aulas e oficinas na Casa da Mulher e no Centro da Rua Itália retornam na segunda-feira

A partir de segunda-feira (10) iniciam as aulas de alongamento, fortalecimento muscular, pilates, fit dance, inglês, dentre outras oficinas,...

Entrevista com Luciana Andréa de Jesus: “A natureza é sábia e normalmente a planta que você precisa nasce no seu entorno”

Luciana Andréa de Jesus, 51, catarinense de Blumenau, moradora de Balneário Camboriú há quase quatro décadas (1984), onde estudou...

Casal que foi despejado pede ajuda, Resgate Social diz que eles não aceitaram ir para Casa de Passagem

O Página 3 foi procurado por leitores que informaram sobre a situação de um casal que está na rua...

Psicóloga aborda “Maternidade ideal versus possível” em livro sobre Primeira Infância

A maternidade envolve uma série de aprendizados práticos como trocar fraldas, entender a pega correta da amamentação, aplicar técnicas...
- Publicidade -

Em um novo capítulo da guerra das vacinas travada entre o governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB), e o presidente da República, Jair Bolsonaro, Doria disse que é hora de cobrar do governo federal e do Ministério da Saúde “onde estão as outras vacinas”.

Durante coletiva de imprensa na tarde desta segunda-feira, 18, o governador paulista não chegou a responder às críticas do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que o acusou de realizar “um ato de marketing”, com a vacinação realizada no domingo no Estado.

- Publicidade -

Mas ressaltou: “É curioso que o governo que defendia explicitamente, enfaticamente, a vacina de Oxford (…) hoje silencia”, e continuou “curioso também que aquela aeronave que foi adesivada com o slogan do governo federal como parte do marketing do governo federal continua parada no aeroporto, não se sabe onde, se em Recife ou em São Paulo, para buscar uma vacina que não existe.”

Segundo Doria, é preciso cobrar do governo federal e do Ministério da Saúde uma postura mais responsável com relação às vacinas.

No período da manhã, durante conversa com apoiadores no palácio da Alvorada, o presidente da República, Jair Bolsonaro, disse que a “vacina é do Brasil”, em referência à Coronavac, imunizante produzido pelo Instituto Butantan em parceria com a chinesa Sinovac. “Não é de nenhum governador, não”, afirmou o presidente.

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,709FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,594SeguidoresSeguir
11,600InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Aulas e oficinas na Casa da Mulher e no Centro da Rua Itália retornam na segunda-feira

A partir de segunda-feira (10) iniciam as aulas de alongamento, fortalecimento muscular, pilates, fit dance, inglês, dentre outras oficinas, na Casa da Mulher, que...

Entrevista com Luciana Andréa de Jesus: “A natureza é sábia e normalmente a planta que você precisa nasce no seu entorno”

Luciana Andréa de Jesus, 51, catarinense de Blumenau, moradora de Balneário Camboriú há quase quatro décadas (1984), onde estudou Administração e Contábeis, mas não...

Casal que foi despejado pede ajuda, Resgate Social diz que eles não aceitaram ir para Casa de Passagem

O Página 3 foi procurado por leitores que informaram sobre a situação de um casal que está na rua após serem despejados da casa...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
×

Olá, leitor

Sugestões de pautas, informações em geral.

×