- Publicidade -
26 C
Balneário Camboriú

Lummertz é homenageado pela Fecam e anuncia nova parceria com municípios de SC

Leia também

Entidades ligadas à proteção de animais revisaram protocolo de atendimento, que ficou mais severo

A aprovação da Lei Sansão, que alterou a Lei de Crimes Ambientais (Lei nº 9.605) e que prevê punições...

Leitor denuncia carro do Governo do Estado estacionado sobre faixa de segurança em Balneário Camboriú

Um leitor procurou o Página 3 para denunciar um carro do governo do Estado que teria estacionado por mais...

Associação Médica Mundial: Bolsonaro colaborou com aumento de mortes, diz diretor

Em 2018, quando eleito presidente da Associação Médica Mundial (WMA), entidade que produz orientações relacionadas ao trabalho dos médicos,...


O ex-ministro e atual secretário de Turismo do estado de São Paulo, o catarinense Vinícius Lummertz, foi homenageado nesta quarta-feira (20) por prefeitas e prefeitos das 295 cidades catarinenses que integram a Federação Catarinense de Municípios (Fecam), na Assembleia Geral que elegeu e deu posse à nova diretoria da entidade, realizada em Florianópolis de forma presencial e virtual.

Tanto o presidente que se despedia do cargo, Paulo Roberto Weiss, como o novo presidente, Clenilton Carlos Pereira, destacaram as razões da homenagem.

- Publicidade -

“O Vinícius não mediu esforços e trabalhou muito junto ao governador João Doria e o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, para que a Fecam fosse a primeira entidade municipalista do país a assinar um protocolo para a obtenção da CoronaVac, no dia 10 de dezembro passado”, lembrou Weiss.

“Foi a partir daquela assinatura que cidades, estados e entidades municipalistas de todo o país correram para fazer o mesmo no Butatan e acabaram pressionando o Governo Federal a incluir a CoronaVac no Plano Nacional de Imunização. Graças a essa iniciativa do secretário Lummertz e da Fecam hoje pessoas estão sendo vacinadas em nossos municípios e em todo o país”, disse Clenilton Pereira.

Além do secretário de Turismo de São Paulo, também o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, foi homenageado pela entidade. Porém, ele não pode estar presente de forma virtual porque naquele momento estava negociando com o Governo da China a vinda de insumos para o Brasil, para a fabricação de novas doses da vacina.

Seu representante foi o diretor de Relações Institucionais do Butantan, Raul Machado Neto, que ressaltou a importância da iniciativa de Lummertz e da Fecam para que o Brasil pudesse hoje estar vacinando.

- Publicidade -

Antes de fazer seu agradecimento, Vinícius Lummertz anunciou uma nova parceria entre o estado de São Paulo e os municípios catarinenses, em forma de um convênio que foi assinado entre o novo presidente da Fecam e o presidente da Associação Paulista de Municípios, Fred Guidoni, que estava presente no evento. As duas entidades vão prestar assistência às cidades dos dois estados para estudo, análise e gestão de soluções integradas.

Esse modelo será levado nos próximos dias ao presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Glademir Aroldi, em Brasília, para que outras federações de municípios do país se integrem a ele.

No agradecimento, Lummertz fez questão de destacar “a coragem do governador João Doria, que enfrentou todas as adversidades, críticas, mentiras e ameaças para que hoje o Brasil pudesse ter uma vacina. O mesmo pode-se dizer de Dimas Covas que, como vocês souberam agora, está negociando com o governo chinês para a importação de insumos, fazendo o papel que deveria ser do Governo Federal. É hora de o Brasil ter maturidade política e responsabilidade social. É inaceitável que a terceira maior democracia do planeta não tenha sequer sido convidada para fazer parte do chamado D10, o novo grupo das dez maiores democracias do mundo. É hora de nos afastarmos do ilógico e do irresponsável, que quase nos fazem ficar sem a vacina. Só a vacina vai nos dar a normalidade de volta e hoje ela é o melhor programa de emprego e renda ou qualquer outro programa que este país necessita. Agradeço à Fecam pela homenagem e reafirmo minha parceria permanente com meu estado e com nossas cidades”.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -

Entidades ligadas à proteção de animais revisaram protocolo de atendimento, que ficou mais severo

A aprovação da Lei Sansão, que alterou a Lei de Crimes Ambientais (Lei nº 9.605) e que prevê punições...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -