- Publicidade -
26 C
Balneário Camboriú

Natal Solidário do colégio COC Balneário troca conselhos de idosos por doações para o Lar dos Velhinhos

Leia também

Limite de isenção torna inviável carros a pessoas com deficiência, diz Anfavea

A Anfavea, entidade que representa as montadoras, diz que o governo praticamente tornou inviável o mercado de carros adaptados...

Advogado de Camboriú fez o primeiro atendimento virtual do parlatório da Canhanduba

O advogado de Camboriú, Ricardo Dudek fez o primeiro atendimento do parlatório virtual, o primeiro do Estado, que entrou...

Gêmeas trans, operadas em Blumenau, recebem liberação médica

Após uma cirurgia onde correu tudo bem, com um pós-operatório igualmente bom, as gêmeas trans operadas em Blumenau há...

A campanha Natal Solidário idealizada pelo colégio COC Balneário Camboriú em parceria com a Secretaria da Pessoa Idosa se transformou em uma troca de conselhos dos experientes idosos por doações para a Associação São Vicente de Paula.

“O colégio nos procurou com a intenção de realizar uma interação com os idosos, visto a situação que nos encontramos por conta da pandemia onde neste momento não podemos permitir um contato próximo, visando resguardar os residentes. A escola propôs realizar uma ação à distância através de recados dos idosos para os alunos do colégio por meio de fotos com os respectivos recados escritos”, disse o secretário.

A psicóloga do COC, Samara Orlandi explicou que o projeto ‘Doar Cativa Resultados’, idealizado por ela junto com a professora Jannaina Costa Lopes e com a coordenadora Marilei Assini, visa a valorização da vida, por meio da interação dos alunos, profissionais, professores com os idosos do Lar.

“Nós doaremos as necessidades, alimentos, produtos de higiene, produtos para preparar a ceia de Natal e em troca eles nos darão conselhos que repassaremos aos alunos. São palavras sábias de pessoas com muita experiência de vida. É uma maneira de deixarmos esse ano de 2020 com mais luz e perceber que existe vida, interação e solidariedade sim, mesmo em tempos de pandemia e nosso desejo é doar para cativar resultados”, disse Samara.

- Publicidade -

Ela contou que a ideia começou em novembro e em seguida elas procuraram o secretário Paulo Senk, que aprovou e tornou-se parceiro do projeto.

As fotos com os recados já começaram a chegar e na próxima semana, o colégio irá até o Lar para entregar as doações.

“Estamos fazendo um vídeo com música e então iremos disponibilizar estas fotos com toda a campanha para todos os alunos e suas famílias. Nossa intenção é manter o projeto de forma anual”, disse Samara.

Professora Janna, psicóloga Samara e coordenadora Marilei (Divulgação/COCBC)
- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -

PGR pede para STJ manter condenação que pode tirar mandato de Lira

Por Breno Pires A Procuradoria-Geral da República (PGR) enviou parecer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), no mês passado, defendendo...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -