- Publicidade -
21 C
Balneário Camboriú

Audiência pública discutirá diagnóstico socioambiental de Balneário Camboriú

- publicidade -

Leia também

Comandante da PM fala sobre redução nos índices de homicídios e roubos em Balneário

Nos quatro primeiros meses deste ano, Balneário Camboriú registrou uma redução de 62,5%, no número de homicídios e 68%...

Vacinação contra Influenza inicia nesta terça para idosos 70+

A Secretaria da Saúde inicia a segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus Influenza para idosos,...

Curta ‘Mulheres do Mar’ estreia em live nesta sexta

A pesca artesanal, patrimônio cultural de Santa Catarina, é fonte de renda e emprego para muitas famílias, sendo considerada...

Sete projetos da Escola de Artes da Univali são habilitados na Lei de Incentivo à Cultura de Balneário Camboriú

Sete projetos da Escola de Artes, Comunicação e Hospitalidade da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) estão entre os...

Aulas e oficinas na Casa da Mulher e no Centro da Rua Itália retornam na segunda-feira

A partir de segunda-feira (10) iniciam as aulas de alongamento, fortalecimento muscular, pilates, fit dance, inglês, dentre outras oficinas,...
- Publicidade -

Estão abertas as inscrições para interessados em participar da audiência pública sobre o diagnóstico socioambiental de Balneário Camboriú. A reunião será virtual, às 18h30 de quinta-feira (26), e será transmitida pela Câmara de Vereadores através do aplicativo Zoom (o mesmo utilizado nas sessões plenárias).

A secretária do Meio Ambiente de Balneário Camboriú, Maria Heloísa Lenzi, explica que o documento é complementar ao Plano Diretor do município e irá trazer algumas definições para que a cidade continue aprovando projetos.

“Ele é um documento bem técnico, foi bastante difícil finalizá-lo, tivemos que levantar as Áreas de Proteção Permanente (APP) do município, fomos a campo definir os cursos d’água, e esse diagnóstico vai apresentar o documento mais recente e próximo da realidade”, diz.

- Publicidade -

No diagnóstico, a secretaria junto com a empresa Alto Uruguai Engenharia & Planejamento, de Concórdia, que apresentará o documento na audiência, também identificou as áreas de relevância ambiental da cidade, as áreas de risco geológico – onde a ocupação deve ser extremamente criteriosa em função dos aspectos ambientais e de risco.

“Também consta a definição da área urbana consolidada conforme o Código Florestal solicita que seja feito. Além disso, levantamos os pontos de ocupação irregular que o município tem, aquele mapa do início do governo (2017), onde constavam 36 pontos irregulares. Identificamos esses núcleos e fizemos todo um levantamento desses núcleos. Tudo isso está diagnosticado”, comenta.

O documento é formado por mais de mil páginas e está disponível para download no site da prefeitura (clique aqui).

“É um documento recente e importante para o município, a Alto Uruguai irá apresentar e é importante que a comunidade entenda e conheça o material, que será o utilizado pela prefeitura em suas análises de projeto”, completa.

Quem quiser participar da audiência deverá fazer sua inscrição até as 13h de 26 de novembro no site da Câmara (clique aqui). É necessário ter o aplicativo Zoom instalado no computador, celular ou outro aparelho que for utilizado para assistir a reunião. O link será disponibilizado uma hora antes do início da audiência através do e-mail cadastrado no ato de inscrição.

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,714FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,594SeguidoresSeguir
11,600InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Vacinação contra Influenza inicia nesta terça para idosos 70+

A Secretaria da Saúde inicia a segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus Influenza para idosos, nesta terça-feira. Para evitar aglomerações,...

Curta ‘Mulheres do Mar’ estreia em live nesta sexta

A pesca artesanal, patrimônio cultural de Santa Catarina, é fonte de renda e emprego para muitas famílias, sendo considerada uma atividade tradicional e secular,...

Sete projetos da Escola de Artes da Univali são habilitados na Lei de Incentivo à Cultura de Balneário Camboriú

Sete projetos da Escola de Artes, Comunicação e Hospitalidade da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) estão entre os 44 habilitados pela Lei de...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
×

Olá, leitor

Sugestões de pautas, informações em geral.

×