- Publicidade -
26 C
Balneário Camboriú

Audiência pública discutirá diagnóstico socioambiental de Balneário Camboriú

Leia também

Fique em casa não tem mais leitos de UTI na região de Itajaí e Balneário Camboriú

A chance das pessoas sufocarem e morrerem agora é mais real do que nunca.

Balneário Camboriú vacinou mais de mil idosos 80+ no final de semana: imunização continua

O lockdown do governo do Estado não impediu que 1.041 idosos com mais de 80 anos fossem imunizados contra...

Lockdown em Balneário teve festa clandestina com 100 pessoas: “Foi um final de semana bem agitado”

Mesmo com o lockdown decretado pelo governo do Estado, Balneário Camboriú registrou 38 ocorrências ligadas ao descumprimento das regras...

Estão abertas as inscrições para interessados em participar da audiência pública sobre o diagnóstico socioambiental de Balneário Camboriú. A reunião será virtual, às 18h30 de quinta-feira (26), e será transmitida pela Câmara de Vereadores através do aplicativo Zoom (o mesmo utilizado nas sessões plenárias).

A secretária do Meio Ambiente de Balneário Camboriú, Maria Heloísa Lenzi, explica que o documento é complementar ao Plano Diretor do município e irá trazer algumas definições para que a cidade continue aprovando projetos.

“Ele é um documento bem técnico, foi bastante difícil finalizá-lo, tivemos que levantar as Áreas de Proteção Permanente (APP) do município, fomos a campo definir os cursos d’água, e esse diagnóstico vai apresentar o documento mais recente e próximo da realidade”, diz.

- Publicidade -

No diagnóstico, a secretaria junto com a empresa Alto Uruguai Engenharia & Planejamento, de Concórdia, que apresentará o documento na audiência, também identificou as áreas de relevância ambiental da cidade, as áreas de risco geológico – onde a ocupação deve ser extremamente criteriosa em função dos aspectos ambientais e de risco.

“Também consta a definição da área urbana consolidada conforme o Código Florestal solicita que seja feito. Além disso, levantamos os pontos de ocupação irregular que o município tem, aquele mapa do início do governo (2017), onde constavam 36 pontos irregulares. Identificamos esses núcleos e fizemos todo um levantamento desses núcleos. Tudo isso está diagnosticado”, comenta.

O documento é formado por mais de mil páginas e está disponível para download no site da prefeitura (clique aqui).

“É um documento recente e importante para o município, a Alto Uruguai irá apresentar e é importante que a comunidade entenda e conheça o material, que será o utilizado pela prefeitura em suas análises de projeto”, completa.

Quem quiser participar da audiência deverá fazer sua inscrição até as 13h de 26 de novembro no site da Câmara (clique aqui). É necessário ter o aplicativo Zoom instalado no computador, celular ou outro aparelho que for utilizado para assistir a reunião. O link será disponibilizado uma hora antes do início da audiência através do e-mail cadastrado no ato de inscrição.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -

Fique em casa não tem mais leitos de UTI na região de Itajaí e Balneário Camboriú

A chance das pessoas sufocarem e morrerem agora é mais real do que nunca.
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -