- Publicidade -
20 C
Balneário Camboriú

Balneário Camboriú e Itajaí registram quatro mortes e UTIs no limite

Leia também

Santa Catarina fechará as atividades não essenciais no final de semana

Pressionado pelo caos, o governador fez o que prefeitos, acovardados e irresponsáveis, se recusaram a fazer. Veja a lista do que pode funcionar.

Com ocupação de 91,4% em UTIs, RS põe Estado todo em restrição máxima

com o sistema de saúde no limite, o governo do Rio Grande do Sul decidiu nesta quinta-feira, 25, colocar...

Flamengo perde do São Paulo, mas é bicampeão brasileiro com tropeço do Inter

Uma derrota indolor confirmou ao Flamengo o segundo título brasileiro consecutivo nesta quinta-feira. O time não fez sua parte...

Na UTI para covid do Ruth Cardoso só abre vaga quando morre algum paciente, mas prefeitos continuam inertes

O relatório do início da noite de domingo, 29, trouxe três novas mortes por covid em Balneário Camboriú e uma morte em Itajaí.
A UTI para covid do Hospital Municipal Ruth Cardoso trabalha há vários dias no limite e só há leitos disponíveis devido à morte de pacientes internados.

- Publicidade -

Por exemplo, neste domingo, havia três vagas na UTI, a mesma quantidade de pacientes que morreram naquele hospital.

Balneário Camboriú tem, segundo os dados da prefeitura, 114 mortes acumuladas; 1.217 doentes ativos; 27 pessoas internadas na UTI e 19 na enfermaria.

Apesar da situação caótica, o prefeito Fabrício Oliveira não executou qualquer nova medida de contenção da doença.

ITAJAÍ

- Publicidade -

O hospital de referência para toda a região, o Marieta, está com sua maior ocupação desde o início da pandemia em março, tem 50 pacientes na UTI e 27 em enfermaria isolada.

Há 10 leitos de UTI vagos e risco concreto de caos hospitalar pois na quinta-feira eram 20 os leitos disponíveis.

Segundo a prefeitura, Itajaí tem 1.133 doentes ativos e 193 mortes.

O prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, também não tomou atitude diante do descontrole na doença.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -

Santa Catarina fechará as atividades não essenciais no final de semana

Pressionado pelo caos, o governador fez o que prefeitos, acovardados e irresponsáveis, se recusaram a fazer. Veja a lista do que pode funcionar.
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -