- Publicidade -
22 C
Balneário Camboriú

Balneário Camboriú recebe Bandeira Azul nesta sexta, mas somente a da Tedesco Marina será hasteada

Leia também

Com mais 94 mortes Santa Catarina e região de Balneário Camboriú seguem sem leitos de UTI

Apesar da morte de 44 catarinenses por falta de atendimento, o governador Carlos Moisés e os prefeitos continuam agindo de maneira irresponsável.

Entidades ligadas à proteção de animais revisaram protocolo de atendimento, que ficou mais severo

A aprovação da Lei Sansão, que alterou a Lei de Crimes Ambientais (Lei nº 9.605) e que prevê punições...

Leitor denuncia carro do Governo do Estado estacionado sobre faixa de segurança em Balneário Camboriú

Um leitor procurou o Página 3 para denunciar um carro do governo do Estado que teria estacionado por mais...

A entrega da Bandeira Azul, selo de caráter socioambiental reconhecido em todo o mundo, para as praias do Estaleiro e Estaleirinho e a Tedesco Marina, de Balneário Camboriú, acontece nesta sexta-feira (18). Esta será a terceira temporada de certificação da marina e das duas praias.

As bandeiras não serão hasteadas nestas praias, porque pelo decreto do governo estadual elas seguem fechadas para permanência. Somente a Bandeira Azul da Tedesco Marina subirá em solenidade marcada para às 11h.

- Publicidade -

A secretária do Meio Ambiente, Maria Heloísa Lenzi, explica que a entrega das Bandeiras para as praias será às 9h de sexta-feira, no Estaleirinho, mas não haverá evento aberto ao público. Será restrito somente para os presidentes de associações, prefeito e Secretaria do Meio Ambiente.

“Balneário entra no circuito de praias internacionais certificadas e isso é fantástico, pois mostra que temos praias lindíssimas e preservadas. Estaremos recebendo as Bandeiras nesta sexta, mas não sabemos ainda quando poderemos hasteá-las, por conta do decreto em prevenção ao Covid-19. Mas isso não impede que os cuidados exigidos já comecem a ser seguidos”, diz.

Alguns dos critérios que a Bandeira Azul exige é a colocação de mais lixeiras e limpeza mais frequente das praias, assim como placas informativas sobre os códigos de conduta.

“Os banheiros já estão abertos ao público desde quarta-feira (16). O objetivo é melhorar os serviços cada vez mais. A Bandeira Azul visa manter a segurança e o bem estar das pessoas, quando todos cuidam é melhor para todos que estão ali. Teremos monitores que estarão fiscalizando a questão do lixo, por exemplo, mas é importante que a população também fiscalize, é uma participação fundamental, pois é o ambiente limpo que vai atrair, assim como a integração com a natureza e a preservação dela”, salienta.

Sobre a Tedesco Marina, Heloísa diz que o empreendimento é ‘um exemplo para Santa Catarina e para o Brasil’.

“É um grande diferencial para nós. O próximo passo é a certificação de outras praias. Já estamos monitorando a qualidade da água do Pinho, Taquaras e Buraco, para criar um ‘histórico’, e futuramente buscarmos a certificação para esses pontos também”, completa.

Estado com mais Bandeiras Azuis

Além das duas praias de Balneário e da Tedesco Marina, estão certificadas com a Bandeira Azul as praias catarinenses de Lagoa do Peri (Florianópolis), Praia Grande (Governador Celso Ramos), Praia de Piçarras (Balneário Piçarras), Praia de Quatro Ilhas (Bombinhas), Praia de Mariscal (Bombinhas), Praia da Saudade (São Francisco do Sul), Praia do Forte (São Francisco do Sul), Praia da Conceição (Bombinhas) e Praia Grande (Penha) e o Iate Clube de Santa Catarina (ICSC), de Florianópolis.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -

Com mais 94 mortes Santa Catarina e região de Balneário Camboriú seguem sem leitos de UTI

Apesar da morte de 44 catarinenses por falta de atendimento, o governador Carlos Moisés e os prefeitos continuam agindo de maneira irresponsável.
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -