- Publicidade -
26 C
Balneário Camboriú

Centro de eventos de Balneário Camboriú se transformou em “elefante branco”

Leia também

Dia da Mulher: data alerta para o aumento dos casos de violência doméstica em Balneário Camboriú

Por Renata Rutes O Dia Internacional da Mulher foi oficializado pela Organização das Nações Unidas na década de 70, para...

Brasil supera dez mil mortes por covid-19 em uma semana, recorde da pandemia

Mais de dez mil pessoas morreram no Brasil em decorrência da covid-19 nos últimos sete dias, maior registro em...

O Centro de Eventos de Balneário Camboriú, que não encontrou interessados na primeira licitação de concessão, se transformou num “elefante branco” porque a pandemia liquidou com o mercado de eventos e ninguém sabe quando e de que forma o setor reagirá no futuro.

A ideia de lançar uma nova licitação para conceder o equipamento é afetada pelas mudanças no mercado, pois nenhuma empresa séria fará investimentos sem saber o que o futuro reserva.

- Publicidade -

Enquanto isso, a Santur tenta corrigir um erro de projeto, reforçando uma laje que ameaça ruir na área de equipamentos de suporte.

A construção do centro de eventos se tornou viável em 2013, com a doação de R$ 55 milhões do governo federal, na gestão Dilma Rousseff, mas passados oito anos e gastos mais de R$ 150 milhões, o “elefante branco” nunca entrou em funcionamento.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -

Vítima do caminhão que arrastou moto por 32 Km está em estado “gravíssimo”

O vereador camboriuense Marcio Pereira, informou à imprensa na manhã deste domingo que é “gravíssima” a situação de Sandra...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -