- Publicidade -
17 C
Balneário Camboriú

Entidades e forças da segurança lançam projeto ‘Adote uma câmera’ e pedem apoio do empresariado

- publicidade -

Leia também

Vacinação contra Influenza inicia nesta terça para idosos 70+

A Secretaria da Saúde inicia a segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus Influenza para idosos,...

Aulas e oficinas na Casa da Mulher e no Centro da Rua Itália retornam na segunda-feira

A partir de segunda-feira (10) iniciam as aulas de alongamento, fortalecimento muscular, pilates, fit dance, inglês, dentre outras oficinas,...

Entrevista com Luciana Andréa de Jesus: “A natureza é sábia e normalmente a planta que você precisa nasce no seu entorno”

Luciana Andréa de Jesus, 51, catarinense de Blumenau, moradora de Balneário Camboriú há quase quatro décadas (1984), onde estudou...

Casal que foi despejado pede ajuda, Resgate Social diz que eles não aceitaram ir para Casa de Passagem

O Página 3 foi procurado por leitores que informaram sobre a situação de um casal que está na rua...

Psicóloga aborda “Maternidade ideal versus possível” em livro sobre Primeira Infância

A maternidade envolve uma série de aprendizados práticos como trocar fraldas, entender a pega correta da amamentação, aplicar técnicas...
- Publicidade -

Diversas entidades de classe de Balneário Camboriú se reuniram com as polícias Militar e Civil e com o secretário de Segurança da cidade, Antônio Gabriel Castanheira Junior, na quarta-feira (10), para discutir o projeto ‘Adote uma câmera’. 

O objetivo é auxiliar as forças da segurança a adquirirem câmeras com tecnologia de inteligência artificial, para construírem a ‘cerca digital’ na cidade.

Intenção é adquirir 40 câmeras

- Publicidade -

O presidente do Conselho Comunitário de Segurança de Balneário Camboriú (CONSEG/BC), Valdir de Andrade, explicou ao Página 3 que a reunião serviu para oficializar o programa Adote uma câmera.

As câmeras vêm sendo bastante citadas pelo secretário de Segurança da cidade, Antônio Gabriel Castanheira Junior. Ele defende que os equipamentos auxiliariam a investigar crimes, já que conseguem identificar rostos, atitudes (se a pessoa passa várias vezes por um mesmo lugar ou, por exemplo, um suspeito que está utilizando camiseta vermelha e teria sido visto pelo centro da cidade) e placas de veículos.

Cada câmera custa R$ 600/mês

O objetivo é que empresas e/ou empresários da cidade apoiem a causa, sem ônus para as forças de segurança. Inicialmente entendem que é mais viável alugar as câmeras. A locação de cada uma custa R$ 600,00/mês – é daí que vem a ideia do ‘Adote uma câmera’, incentivando que o empresariado local contribua com o projeto. 

“De imediato já temos três câmeras [duas doadas pelo empresário Nivaldo Pinheiro, da Procave, e uma pela hoteleira Dirce Fistarol], mas a intenção é chegar a 40. Esse projeto já está na rua e foi incluído em nosso Plano Municipal de Segurança”, diz Valdir. 

- Publicidade -

Essa tecnologia também está presente nos totens, que são cerca de 10, além de seis que estão na região do Rio Camboriú e três que serão instaladas pela Secretaria de Segurança.

Interessados em apoiar o projeto podem entrar em contato com o presidente do CONSEG/BC, Valdir de Andrade, pelo fone/WhatsApp: (47) 9.9983-6073.


Quem participou

Além de Valdir, estiveram na reunião a presidente do Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau, Margot Rosenbrock Libório e a executiva da entidade, Adriana Both de Pin, a hoteleira Dirce Fistarol e o presidente do Conselho Municipal de Turismo (COMTUR), Osny Maciel Junior, Helder Vieira, do Sindilojas (Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Balneário Camboriú e Camboriú), o secretário Castanheira, o comandante da PM de Balneário, Tenente-Coronel Daniel Nunes da Silva, o delegado Vicente Soares e o empresário Alexsandro Fernandes, da empresa Protenet Soluções em Segurança.

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,712FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,594SeguidoresSeguir
11,600InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Aulas e oficinas na Casa da Mulher e no Centro da Rua Itália retornam na segunda-feira

A partir de segunda-feira (10) iniciam as aulas de alongamento, fortalecimento muscular, pilates, fit dance, inglês, dentre outras oficinas, na Casa da Mulher, que...

Entrevista com Luciana Andréa de Jesus: “A natureza é sábia e normalmente a planta que você precisa nasce no seu entorno”

Luciana Andréa de Jesus, 51, catarinense de Blumenau, moradora de Balneário Camboriú há quase quatro décadas (1984), onde estudou Administração e Contábeis, mas não...

Casal que foi despejado pede ajuda, Resgate Social diz que eles não aceitaram ir para Casa de Passagem

O Página 3 foi procurado por leitores que informaram sobre a situação de um casal que está na rua após serem despejados da casa...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
×

Olá, leitor

Sugestões de pautas, informações em geral.

×