- Publicidade -
25 C
Balneário Camboriú

Matrículas para o Projeto Oficinas devem abrir nas próximas semanas

Leia também

Livro com registro inédito sobre a produção teatral em Itajaí será lançado nesta quinta

A história do teatro em Itajaí começou em 1897, no entanto, foi nas décadas de 1970 e 1980 que...

Foragido do RS é preso com arma e drogas em Balneário

Um homem de 34 anos, que estava foragido do RS por furto a caixa eletrônico, foi preso em Balneário...

Vereadores de Balneário Camboriú votarão hoje “calote” no fundo de saúde dos servidores municipais

A Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú votará nesta quarta-feira, 14, projeto do prefeito Fabrício Oliveira que pretende dar...

Minimercado do centro foi arrombado e furtado nessa madrugada

Um minimercado, localizado na Rua 2.000, foi arrombado e furtado na madrugada desta quarta-feira (14), em Balneário Camboriú. O...

Praça da Cultura receberá primeira empena de arte urbana da área central de Balneário Camboriú

A obra do artista Eduardo Vaso, em andamento na Praça da Cultura, ainda não está pronta, mas já vem...
- Publicidade -

A secretária de Educação de Balneário Camboriú, Marilene Cardoso, informou ao Página 3 que as inscrições para o Projeto Oficinas, que oferece atividades esportivas e artísticas gratuitamente para as crianças e adolescentes, no contraturno, devem abrir nas próximas semanas. Houveram críticas de que o local não funcionaria neste ano, por conta da pandemia, mas a direção negou.

Segundo Marilene, a abertura das matrículas para o Oficinas deve acontecer ‘nas próximas semanas’. Ela espera também que as aulas iniciem em breve, ‘ainda em março’. 

- Publicidade -

“Não vamos abrir todas as oficinas, mas estamos planejando tudo, nos organizando para esse retorno. Pretendemos ofertar as com menos fluxo de alunos, priorizando aquelas que possam ter distanciamento social também”, diz.

O objetivo do retorno será, de acordo com a secretária, complementar o currículo do ensino regular – um dos ‘medos’ dos pais dos alunos que já frequentam o projeto seria a ‘exposição dupla’, já que as crianças e adolescentes estão indo para a escola e iriam ainda para o Oficinas. 

“Os professores, que haviam sido ‘emprestados’ para as escolas até o Oficinas voltar, já estarão retornando para o projeto. É lá que eles vão atuar. Esperamos que as atividades iniciem ainda em março também”, completa.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -