- Publicidade -
21 C
Balneário Camboriú

Por falta de cuidados Balneário Camboriú e Itajaí acumulam 17 mortes em 7 dias

- publicidade -

Leia também

Comandante da PM fala sobre redução nos índices de homicídios e roubos em Balneário

Nos quatro primeiros meses deste ano, Balneário Camboriú registrou uma redução de 62,5%, no número de homicídios e 68%...

Vacinação contra Influenza inicia nesta terça para idosos 70+

A Secretaria da Saúde inicia a segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus Influenza para idosos,...

Curta ‘Mulheres do Mar’ estreia em live nesta sexta

A pesca artesanal, patrimônio cultural de Santa Catarina, é fonte de renda e emprego para muitas famílias, sendo considerada...

Sete projetos da Escola de Artes da Univali são habilitados na Lei de Incentivo à Cultura de Balneário Camboriú

Sete projetos da Escola de Artes, Comunicação e Hospitalidade da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) estão entre os...

Aulas e oficinas na Casa da Mulher e no Centro da Rua Itália retornam na segunda-feira

A partir de segunda-feira (10) iniciam as aulas de alongamento, fortalecimento muscular, pilates, fit dance, inglês, dentre outras oficinas,...
- Publicidade -

Quantidade de casos da doença continua aumentando e ameaça o setor do turismo

A pandemia de covid-19 fez 11 vítimas fatais em Balneário Camboriú em uma semana e outras seis em Itajaí, como consequência do comportamento de parte da população que não toma os cuidados recomendados pela ciência.

- Publicidade -

Balneário Camboriú tinha, ao anoitecer desta segunda-feira, 23, um total de 1.072 doentes ativos, crescimento de 34% em uma semana.

Em Itajaí, o aumento de casos ativos no mesmo período atingiu 60% e os médicos já sabem, pela experiência adquirida desde março, quando iniciou a pandemia, que a consequência será a elevação da quantidade de mortes.

Se Balneário Camboriú não colocar um freio, com parcela da população mudando seu comportamento, a consequência provável é a retração dos turistas que buscarão cidades mais seguras para suas férias.

Já há guias de viagem na internet classificando destinos turísticos pelo risco que oferecem em relação à covid-19.

- Publicidade -

Em final de outubro, a Santur divulgou pesquisa apontando que “entre os motivos de insegurança para viajar, na visão dos entrevistados, o risco de contágio é o maior deles, com 41,5%, fator que também afeta o planejamento de viagem. A possibilidade de adiamento por conta do aumento de casos da Covid-19 foi o segundo motivo mais citado, com 25,8%”.

Balneário Camboriú é lider em casos por habitante entre as maiores cidades do Estado e está na quarta posição em mortes por habitante o que representa um risco real de afastar turistas, devido a comportamentos irresponsáveis.

Mortes por habitante

Casos/habitante

Evolução em Balneário e Itajaí

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,714FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,594SeguidoresSeguir
11,600InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Vacinação contra Influenza inicia nesta terça para idosos 70+

A Secretaria da Saúde inicia a segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus Influenza para idosos, nesta terça-feira. Para evitar aglomerações,...

Curta ‘Mulheres do Mar’ estreia em live nesta sexta

A pesca artesanal, patrimônio cultural de Santa Catarina, é fonte de renda e emprego para muitas famílias, sendo considerada uma atividade tradicional e secular,...

Sete projetos da Escola de Artes da Univali são habilitados na Lei de Incentivo à Cultura de Balneário Camboriú

Sete projetos da Escola de Artes, Comunicação e Hospitalidade da Universidade do Vale do Itajaí (Univali) estão entre os 44 habilitados pela Lei de...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
×

Olá, leitor

Sugestões de pautas, informações em geral.

×