- Publicidade -
23 C
Balneário Camboriú

SeCuidaBC: Fiscalização passou por 50 estabelecimentos durante o final de semana

Leia também

Restam apenas 6 leitos de UTI em hospitais públicos de Itajaí e Balneário Camboriú

Apesar do cenário desesperador, que afeta todo o Estado, grupos de empresários continuam se movimentando para pressionar o judiciário e o governador contra restrições ao funcionamento das empresas.

Praticamente não existem mais leitos de UTI em Santa Catarina

Boletim do Governo do Estado neste domingo, 28, mostra que Santa Catarina entrou em colapso, com apenas 10 leitos...

Média móvel de mortes por covid-19 volta a bater recorde e chega a 1.208 no País

A média móvel de mortes por covid-19 voltou a bater recorde neste domingo, 28, e chegou a 1.208, segundo...

O diretor da Fiscalização de Posturas, Wagner Basso, informou que foram fiscalizados cerca de 50 estabelecimentos durante o final de semana (11 a 13) – que serviu como ‘teste’ para a Operação SeCuidaBC, que trabalha em parceria com a Vigilância Sanitária, a Guarda Municipal, os Agentes de Trânsito, as polícias Civil e Militar e o Corpo de Bombeiros. A operação se repetirá durante todos os finais de semana a partir de agora, inclusive com a criação de um Comitê de Gestão de Crise.

Wagner disse que foi montada uma logística para que a Fiscalização passasse por mais de 10 estabelecimentos/noite, além de ainda atenderem denúncias do público de descumprimento de medidas de prevenção ao Covid-19.

- Publicidade -

Um lounge na Barra Sul foi notificado pela Vigilância Sanitária por alvará vencido, e um bar na Avenida Atlântica teve as atividades encerradas por ser constatado aglomeração de pessoas, desrespeito às normas de distanciamento e ao uso de álcool em gel. O local foi multado pela Fiscalização de Posturas em 16 UFMs (R$ 5.025,28).

“Foram em torno de 15 estabelecimentos/dia, todos os tipos, desde lounges, bares e restaurantes, totalizando cerca de 50 no final de semana. Nenhuma balada foi flagrada também. No geral, os estabelecimentos estão respeitando, inclusive estão nos ajudando, com flyers de conscientização, com avisos em cima das mesas, sobre o Coronavírus”, diz.

Praia lotada

Mesmo com as equipes da Fiscalização atuando pelos estabelecimentos, a praia central se manteve cheia, e conforme comentários nas redes sociais, a maioria das pessoas segue insistindo em não usar máscara – uma das principais medidas de prevenção.

“Estamos trabalhando com a orientação do uso de máscara, distanciamento social. Inclusive faremos um chamamento agora de mais ou menos 50 agentes sanitários para auxiliarem a nossa equipe de Fiscalização referente ao Covid nas praias e nos espaços de aglomero”, conta.

Reuniões serão semanais

O diretor lembra que as reuniões do Comitê de Crise serão semanais, para decidirem em conjunto como atuarão em cada final de semana. Essa primeira fase da SeCuidaBC serviu como um ‘teste’, mas Wagner vê que já foi ‘bastante produtivo e positivo’.

“Nosso plano de ação para a temporada 2020/2021 terá essa força tarefa, os comerciantes e público precisam se conscientizar e seguir as normas, para juntos vencermos o Coronavírus e não precisarmos tomar mais nenhuma decisão mais rígida quanto aos estabelecimentos comerciais. Estamos na rua e iremos fiscalizar, orientando e tomando todas as medidas cabíveis”, salienta.

Poucas irregularidades

A Polícia Militar faz parte da Operação e informou que foram registradas poucas irregularidades nos estabelecimentos comerciais visitados. Foi informado ainda que o público foi orientado e que foram coibidas aglomerações, assim como o relatado pelo diretor Wagner.

- Publicidade -

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -