- Publicidade -
15.6 C
Balneário Camboriú

Meio Ambiente alerta sobre caravelas e águas-vivas nesta época do ano em Balneário Camboriú

- publicidade -

Leia também

Vereador Achutti sugere vigilância armada nas escolas, Castanheira defende direito de defesa com uso de armas

Após a tragédia ocorrida em Saudades, no Oeste catarinense, nesta semana, o vereador Marcelo Achutti sugeriu que as escolas...

Vereadores aprovam medidas que somam quase R$ 10 mi para o Fundo Municipal de Saúde

A Câmara de Vereadores aprovou, na sessão ordinária desta quarta-feira (5), duas medidas provisórias, do Executivo, que abrem créditos...

Vilton Santos lança vídeopoema em homenagem às mulheres no Dia das Mães

O empresário e poeta Vilton Santos lança nesta sexta-feira (7), às 19h, o vídeopoema ‘Lugar de Mulher’, uma homenagem...

Cinemas estão abertos: confira a programação em Balneário e Itajaí

O cinema do Balneário Shopping reabriu, assim como os de Itajaí (Itajaí Shopping e Brava Mall). Nesta semana há...

Projeto Praia Limpa encerra neste sábado, com ação na Brava

A última etapa do projeto Praia Limpa, que começou em janeiro com ações de limpeza e conscientização ambiental em...
- Publicidade -

Com a proximidade do verão, a água do mar fica mais quente, favorecendo o surgimento de águas-vivas e caravelas nas praias de Balneário Camboriú. Esses organismos são jogados para a praia em função dos ventos e das correntes. Apesar de o fenômeno ser natural e comum, os frequentadores devem evitar tocar nesses organismos, pois eles liberam toxinas em caso de contato físico.

Nesta quarta-feira (9), a Praia do Estaleiro amanheceu com muitas caravelas-portuguesas (Physalia physalis). Os organismos marinhos, que têm o corpo gelatinoso, foram encontrados na areia.

- Publicidade -

Como o contato com as caravelas pode causar irritação forte, dor intensa e queimaduras de até terceiro grau, a Secretaria do Meio Ambiente de Balneário Camboriú orienta que a população que não se aproxime desses organismos e não os toque. “É bom as pessoas ficarem alertas, evitarem contato com o organismo, principalmente quando ele estiver na água, mas também na areia porque ele pode ainda causar ardência”, explica a secretária do Meio Ambiente, Maria Heloisa Furtado Lenzi.

Em caso de contato, a pessoa deve lavar a área da pele atingida com a própria água do mar ou com vinagre. Ela jamais deve usar água doce, nem esfregar a região afetada. Se a dor e a vermelhidão não passarem com as horas, a pessoa deve buscar atendimento médico.


Informações: Secretaria de Meio Ambiente (47) 3267-7080
- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,706FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,594SeguidoresSeguir
11,600InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Vereadores aprovam medidas que somam quase R$ 10 mi para o Fundo Municipal de Saúde

A Câmara de Vereadores aprovou, na sessão ordinária desta quarta-feira (5), duas medidas provisórias, do Executivo, que abrem créditos extraordinários em favor do Fundo...

Vilton Santos lança vídeopoema em homenagem às mulheres no Dia das Mães

O empresário e poeta Vilton Santos lança nesta sexta-feira (7), às 19h, o vídeopoema ‘Lugar de Mulher’, uma homenagem às mulheres neste Dia das...

Cinemas estão abertos: confira a programação em Balneário e Itajaí

O cinema do Balneário Shopping reabriu, assim como os de Itajaí (Itajaí Shopping e Brava Mall). Nesta semana há estreias: o suspense Bela Vingança,...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
×

Olá, leitor

Sugestões de pautas, informações em geral.

×