- Publicidade -
21 C
Balneário Camboriú

Ministro fala em relação tranquila com China e importação encaminhada da Índia

Leia também

Mesmo adiantados na vacinação, americanos e britânicos estão longe do normal

Se em Israel cresce a sensação de normalidade, o mesmo não é visto em outras nações em que a...

Em Israel, vacina traz sensação de normalidade

Por meses, a brasileira Hanna Rosenbaum abria a porta de casa, em Jerusalém, e via as luzes dos hotéis...

Casa Branca anuncia distribuição de 25 milhões de máscaras a centros comunitários

O coordenador da resposta da Casa Branca à pandemia, Jeff Zients, anunciou nesta quarta-feira que o governo norte-americano enviará...

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, negou nesta quarta-feira, 20, que divergências políticas com a China causaram o atraso na entrega de insumos para produção de vacinas contra a covid-19 no Instituto Butantan e na Fiocruz.

“Temos relação madura, construtiva, muito correta, tranquila com a China”, disse Araújo. “Não é um assunto político. É assunto de demanda por um produto”, completou ele.

- Publicidade -

O chanceler ainda afirmou que a importação da Índia de 2 milhões de doses prontas da vacina de Oxford está “bem encaminhada”.

Ele não apontou, porém, data para concretizar nenhuma das importações. O ministro participa de uma reunião fechada com deputados nesta quarta-feira.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -

Irresponsabilidade do governador e dos prefeitos prossegue com mais 70 mortos e zero leitos de UTI

Proteja sua vida. Evite frequentar restaurantes, academias, cafés, bares, hotéis, motéis e centros religiosos.
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -