- Publicidade -
20.3 C
Balneário Camboriú

Obituário: menino de cinco anos, filho de enfermeira de Balneário, é vítima de atropelamento

Leia também

Livro com registro inédito sobre a produção teatral em Itajaí será lançado nesta quinta

A história do teatro em Itajaí começou em 1897, no entanto, foi nas décadas de 1970 e 1980 que...

Foragido do RS é preso com arma e drogas em Balneário

Um homem de 34 anos, que estava foragido do RS por furto a caixa eletrônico, foi preso em Balneário...

Vereadores de Balneário Camboriú votarão hoje “calote” no fundo de saúde dos servidores municipais

A Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú votará nesta quarta-feira, 14, projeto do prefeito Fabrício Oliveira que pretende dar...

Minimercado do centro foi arrombado e furtado nessa madrugada

Um minimercado, localizado na Rua 2.000, foi arrombado e furtado na madrugada desta quarta-feira (14), em Balneário Camboriú. O...

Praça da Cultura receberá primeira empena de arte urbana da área central de Balneário Camboriú

A obra do artista Eduardo Vaso, em andamento na Praça da Cultura, ainda não está pronta, mas já vem...
- Publicidade -

O menino Gabriel, de cinco anos, morreu atropelado por um ônibus do transporte público, após cair da cadeirinha da bicicleta do pai, na noite de segunda-feira (11) na Rua Alfredo Eicke, no Bairro Barra do Rio, em Itajaí. A mãe do menino, Dayane Rotta, é enfermeira do Lar dos Idosos de Balneário.

Segundo informações da Polícia Militar, o pai de Gabriel, Tiago Enrique, se desequilibrou da bicicleta e bateu na lateral do ônibus que passava no momento da queda. O menino caiu e foi atropelado pelo coletivo, falecendo no local.

- Publicidade -

Dayane estava nas proximidades do acidente. Eles estariam no lado oposto da ciclofaixa. Tiago teve apenas ferimentos, mas Gabriel acabou caindo para baixo do ônibus.

A direção do Lar dos Idosos comunicando que o velório de Gabriel está acontecendo no Crematório Vaticano e a cremação será às 15h.

O Lar São Vicente de Paula emitiu uma nota lamentando o trágico acidente.

“Morte violenta que foi presenciada por ambos genitores, trazendo um sofrimento inimaginável, mas que com a força de amigos e parente e o conforto de Deus possa amenizar essa tamanha dor. Não conseguimos imaginar a dor que vocês devem estar sentindo agora. Tudo perde o sentido quando uma mãe perde seu filho. Sentimos muito por você ter que passar por isso e os funcionários e idosos se colocam à disposição para o que precisar. Que Deus lhe ajude a achar um caminho para seguir em frente e que sua fé lhe dê razões para acreditar”, diz a publicação feita na rede social Facebook.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -