- Publicidade -
20 C
Balneário Camboriú

Caso de homofobia e ameaça de agressão física no Réveillon, em Balneário Camboriú

- publicidade -

Leia também

Aumento de focos e casos de dengue na região preocupa

População precisa ajudar a conter infestação do Aedes aegypti

Em 2019 Paulo Gustavo apareceu de surpresa em cinema de Balneário Camboriú

Relembre a nota da colunista social, Sonia Tetto, de 02/01/2020. "O ator Paulo Gustavo “invadiu” uma sala de cinema do...

Atleta e técnico de Balneário convocados para semana de treinos em SP com vistas aos Jogos Paralímpicos

A atleta Suelen Marcheski de Oliveira e seu treinador Caike Jacob Rovigo foram selecionados para participar do camping seletivo...

Professora do colégio Maria da Glória, agredida por mãe de aluna em 2019, será indenizada

Uma professora de Química, que foi agredida pela mãe de uma aluna na saída da Escola de Educação Básica...

Câmara delibera sobre um projeto e duas medidas provisórias nesta quarta

Na pauta da sessão legislativa desta quarta-feira (5), o projeto 76/2020, de autoria do Poder Executivo, que desafeta do...
- Publicidade -

Ajude a identificar o agressor

Um turista de Curitiba procurou o Página 3 para denunciar um caso de homofobia ocorrido na madrugada desta sexta-feira (1º), no centro de Balneário Camboriú. Ele pede que a população o ajude a localizar o agressor para poder registrar o caso na polícia.

- Publicidade -

O turista contou que estava na Rua 1.200, nas proximidades da Avenida Atlântica, de mãos dadas com o seu namorado, quando um homem comentou ‘ai se eu dou uma garrafada na cabeça’. “Estávamos em quatro pessoas, eu, meu namorado e duas meninas, nossas amigas. Na hora meu companheiro comentou ‘o que você disse?’, ele repetiu a frase e eles [o primeiro homem e um amigo] vieram para cima da gente com duas garrafas, ameaçando”, disse.

As vítimas conseguiram filmar parte da ação, e por sorte um grupo de rapazes os auxiliou. “Se eles não tivessem aparecido, com certeza eles iam quebrar a garrafa na nossa cabeça. Eu vi que a situação ali iria ser muito trágica. Eles ficaram ofendidos com o nosso questionamento e vieram dar uma de ‘machão’. Eles empurraram uma amiga minha, me chutaram, nos ameaçaram”, relembra.

Os dois agressores fugiram correndo e por isso o turista pede agora o apoio da comunidade para tentar identificá-los. No vídeo, um dos homens – o que citou a garrafada – diz ‘aqui é Monte Alegre’, dando a entender possivelmente que mora no bairro de Camboriú. Se você conhece os homens que aparecem no vídeo, denuncie para a Polícia Militar via 190 ou para o Página 3 pelo fone 47 99209 3819.

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,696FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,592SeguidoresSeguir
11,600InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Em 2019 Paulo Gustavo apareceu de surpresa em cinema de Balneário Camboriú

Relembre a nota da colunista social, Sonia Tetto, de 02/01/2020. "O ator Paulo Gustavo “invadiu” uma sala de cinema do Balneário Shopping, em Santa Catarina,...

Atleta e técnico de Balneário convocados para semana de treinos em SP com vistas aos Jogos Paralímpicos

A atleta Suelen Marcheski de Oliveira e seu treinador Caike Jacob Rovigo foram selecionados para participar do camping seletivo para os Jogos Paralímpicos de...

Professora do colégio Maria da Glória, agredida por mãe de aluna em 2019, será indenizada

Uma professora de Química, que foi agredida pela mãe de uma aluna na saída da Escola de Educação Básica Professora Maria da Glória Pereira,...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
×

Olá, leitor

Sugestões de pautas, informações em geral.

×