- Publicidade -
22 C
Balneário Camboriú

Homem comprou moto por R$ 50 e foi preso, em Balneário Camboriú

- publicidade -

Leia também

Dia das Mães: o quanto e como a pandemia está interferindo na maternidade?

Por Renata Rutes Mais de um ano se passou e esse é o segundo Dia das Mães em tempos de...

Dia das Mães: comércio com boas expectativas, vendas devem aquecer nesta sexta e sábado

Data é uma das melhores para o varejo, e deve ser mais movimentada do que 2020 O Dia das Mães...

Emasa e técnicos avaliam contratação do programa ‘Estuário do Rio Camboriú 2030’ que custará R$ 1,5mi

O diretor geral da Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMASA), Douglas Costa Beber participou de reunião realizada nesta...

Balneário Camboriú tem dois atletas classificados para o Pan Sub 20 em outubro no Chile

Neste sábado o número pode aumentar no Estadual de Timbó

Exposição ‘Rainhas da Cidade’ está no Balneário Shopping até dia 23

A mostra fotográfica é uma parceria do Rotary Club com o empreendimento e Hope Lingeries, e celebra mulheres que atuam em Balneário
- Publicidade -

Dois homens foram presos, na segunda-feira (3), com uma motocicleta que possuía registro de furto, ocorrido no sábado (1º), em Balneário Camboriú. Um porque vendeu e o outro porque comprou a moto por R$ 50.

Segundo a Polícia Militar, policiais em rondas pela Rua Anitápolis, no Bairro Jardim Iate Clube, viram uma motocicleta Honda CG dentro do pátio de uma casa e identificaram que ela possuía registro de furto, ocorrido em uma empresa, no sábado (1º).

- Publicidade -

Os policiais fizeram contato com a moradora do imóvel, que contou que seu marido havia chegado no sábado com a motocicleta e a deixou na garagem da residência. Os PMs foram até o local onde o homem trabalhava e, após a abordagem, ele contou ter adquirido a motocicleta pelo valor de R$ 50,00 e que ‘posteriormente iria pagar o restante’.

Os policiais foram até a casa do suposto ‘vendedor’ da moto, que confessou ter apenas ‘intermediado’ a venda da motocicleta, e que ela seria de propriedade de um conhecido que não soube identificar. Os dois envolvidos foram encaminhados à delegacia e a moto recuperada para ser devolvida ao proprietário.

As forças da segurança pedem sempre que a comunidade não adquira produto de origem duvidosa, pois se o item for roubado/furtado a pessoa pode responder por receptação, que é um crime, além de fomentar os furtos e roubos na cidade e região. A pena por receptação é detenção de um a quatro anos e pagamento de multa.

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,709FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,594SeguidoresSeguir
11,600InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Dia das Mães: comércio com boas expectativas, vendas devem aquecer nesta sexta e sábado

Data é uma das melhores para o varejo, e deve ser mais movimentada do que 2020 O Dia das Mães é a segunda data mais...

Emasa e técnicos avaliam contratação do programa ‘Estuário do Rio Camboriú 2030’ que custará R$ 1,5mi

O diretor geral da Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMASA), Douglas Costa Beber participou de reunião realizada nesta semana, quando pesquisadores da Univali...

Balneário Camboriú tem dois atletas classificados para o Pan Sub 20 em outubro no Chile

Neste sábado o número pode aumentar no Estadual de Timbó
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
×

Olá, leitor

Sugestões de pautas, informações em geral.

×