- Publicidade -
19 C
Balneário Camboriú

Operação Choque de Ordem na Atlântica: objetivo é ‘reorganizar’ a beira mar

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

A Operação Choque de Ordem, que a Polícia Militar iniciou na Avenida Atlântica, nesta terça-feira (2) foi planejada para coibir crimes e o uso de drogas na orla da praia, situações frequentemente denunciadas pela população. Na avenida haverá três barreiras no trânsito. A Operação segue até sexta-feira (5).

O Comandante Daniel Nunes da Silva, do 12o.BPM falou ao Página 3 que basicamente a intenção é melhorar a imagem do principal cartão postal da cidade. Ele destacou dois fatores: 1) ‘reorganizar’ a Avenida Atlântica, procurando evitar furtos e consumo de drogas e 2) fiscalizar a ciclofaixa, alvo de denúncias sobre excesso de velocidade e uso irregular de ciclomotores [inclusive no final de semana 18 foram apreendidos, saiba mais aqui: https://jornal.pagina3.com.br/cidade/fiscalizacao-apreendeu-18-ciclomotores-no-final-de-semana-em-balneario-camboriu-2/].

“Vamos fazer barreiras em três pontos da Atlântica, focando na segurança da ciclofaixa e coibindo crimes. Quanto aos ciclomotores, estamos fazendo orientações sobre o uso correto e necessidade do registro e CNH há quase um mês. A Choque de Ordem quer reorganizar todo esse espaço [a Avenida Atlântica e a ciclofaixa], tornando-o mais seguro. Estaremos com policiamento máximo na Atlântica de hoje (terça-feira, 2) até sexta-feira (5)”, diz.

Vilarejos europeus

Em nota enviada pela Comunicação da PM da cidade no final da tarde de segunda-feira (1º) à imprensa, informando sobre a Choque de Ordem, o Comandante Daniel disse que “a Segurança Pública em Balneário Camboriú e Itapema alcançaram um patamar de excelência, com indicadores comparados a vilarejos Europeus, sendo que agora as pequenas ações incivilizadas serão alvos para fomentar a reorganização da orla da praia com o emprego concentrado de esforços”.

Ao Página 3, o Tenente-Coronel explicou a comparação com os vilarejos da Europa, que foi feita considerando os crimes contra a vida (homicídio e feminicídio), que não acontecem em Balneário há quase sete meses [mortes em confronto com a polícia não entram nessa lista].

“Estamos há quase sete meses sem homicídio, além de que reduzimos em 75% o número de furtos e roubos no mês de dezembro de 2020 comparando com 2019; agora em janeiro reduzimos em mais de 50% os indicadores de roubos e 75% os de furtos. Esses são os três delitos que chamam mais atenção sobre uma cidade ser segura ou não. Vivemos uma fase muito produtiva em Balneário”, afirma.

Barreiras em pontos diferentes

- Publicidade -

Para o final de semana (sábado e domingo, 6 e 7) a Polícia Militar planeja concentrar barreiras nas entradas da cidade e nos bairros, como o dos Estados. Na segunda-feira (1º) houve uma reunião com a comunidade deste bairro, onde foi solicitado que a PM e a Guarda Municipal (que também estava presente) dessem uma atenção principalmente aos casos de roubos e furtos de veículos.

“Os nossos indicadores de criminalidade mostraram que acontecem casos do tipo lá, desde a semana passada quando passamos a monitorar mais furtos e roubos não foram registrados”, acrescenta.

Rede de vizinhos e ronda escolar

Após a temporada de verão, com a possibilidade da PM de Balneário receber um reforço no efetivo (que hoje é de pouco mais de 100 policiais, o menor da história), o Comandante antecipa que irão focar em questões preventivas, como o fortalecimento da Rede de Vizinhos [programa onde a comunidade de uma localidade específica, como a Quarta Avenida, tem contato direto com os policiais, denunciando crimes ou suspeitas], e na rede de segurança escolas.

“As escolas estavam fechadas em 2020, mas agora as aulas vão retornar e queremos ter guarnições específicas para isso, com o objetivo de tornar o entorno dos colégios seguros para os estudantes”, diz.

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,731FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,554SeguidoresSeguir
12,000InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
×

Olá, leitor

Sugestões de pautas, informações em geral.

×