- Publicidade -
21 C
Balneário Camboriú

Operação Estagnação: Guarda Municipal ficará permanente no Bairro dos Municípios

Leia também

Irresponsabilidade do governador e dos prefeitos prossegue com mais 70 mortos e zero leitos de UTI

Proteja sua vida. Evite frequentar restaurantes, academias, cafés, bares, hotéis, motéis e centros religiosos.

Dia da Mulher: data alerta para o aumento dos casos de violência doméstica em Balneário Camboriú

Por Renata Rutes O Dia Internacional da Mulher foi oficializado pela Organização das Nações Unidas na década de 70, para...

Morreu mulher vítima do caminhão que arrastou motocicleta por 32 Km

Sandra Aparecida Pereira, 47, faleceu neste domingo à tardinha, no Hospital Marieta, em decorrência de acidente com motocicleta no...

A Guarda Municipal iniciou na noite de segunda-feira (22), a Operação Estagnação no Bairro dos Municípios, com o objetivo de coibir a criminalidade. O foco inicial será na Rua Chapecó, mas em breve tende a ir para outras ruas do bairro.

Segundo o secretário de Segurança de Balneário Camboriú, Gabriel Castanheira, uma equipe da Guarda Municipal ficará permanentemente, por tempo indeterminado, na Rua Chapecó com a Sexta Avenida. Ele salienta que a rua foi escolhida pelo grande número de ocorrências geradas na região, como ataques à viaturas e comércio de drogas ‘escancarado’ – além de ruas como Corupá, Campo Erê, Canelinha e Bom Retiro, que também aparecem com frequência nos boletins policiais. “A população do entorno estava se sentindo insegura. As viaturas ficarão ali de forma fixa, 24h, por tempo indeterminado. Só são substituídas quando chegam outras para a troca de turno. Faremos essa operação em várias ruas do bairro, onde há denúncias de tráfico de drogas, visando apertar o cerco contra a criminalidade do Bairro dos Municípios”, disse.

- Publicidade -

Desde que Castanheira retornou para Balneário – em junho de 2020 – ele incumbiu alguns guardas a serem ‘responsáveis’ por algumas zonas da cidade, assim os moradores passariam a procurar diretamente eles, já que conhecem a realidade de cada localidade. 

Outra operação de estagnação semelhante a essa que iniciou na segunda-feira foi feita há alguns anos, quando o secretário havia ocupado o cargo pela primeira vez, focando em combater os pontos de drogas conhecidos na cidade. “Queríamos tirar os traficantes da ‘zona de conforto’, fazer eles ‘circularem’. Nossas ações são pautadas pelos números de ocorrências/denúncias que recebemos, e hoje a maior demanda é no centro, por isso o policiamento está mais concentrado lá, mas em hipótese alguma nós esquecemos dos bairros. Cada setor da cidade tem viatura disponível. A Guarda tem tempo de resposta muito rápido. Temos na base de 10 viaturas na rua, fora as motos, com base de 30 guardas por turno”, acrescenta, citando que outras regiões da cidade estão sendo monitoradas e mais operações como essa vão acontecer em breve. “O Comando da GM já está organizando”, aponta.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -

Irresponsabilidade do governador e dos prefeitos prossegue com mais 70 mortos e zero leitos de UTI

Proteja sua vida. Evite frequentar restaurantes, academias, cafés, bares, hotéis, motéis e centros religiosos.
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -