- Publicidade -
24 C
Balneário Camboriú

Polícia prende no Rio quatro suspeitos de matar criança no réveillon

- publicidade -

Leia também

IMAS assumirá a gestão do PA da Barra em maio: empresa já administra a UPA Nações

Unidade terá pediatra 24h, um pedido antigo da comunidade

Gotardo aprova requerimento de convocação sobre transporte público

O Legislativo de Balneário Camboriú aprovou na sessão desta quarta-feira, 14, um requerimento protocolado pelo vereador Lucas Gotardo, do...

Balneário Camboriú presente no seminário sobre cidades amigas do idoso

A Secretaria da Pessoa Idosa de Balneário Camboriú irá participar, nesta sexta-feira (16), às 14h, do seminário online ‘Relatos...

Anny de Bassi na equipe brasileira que vai ao Mundial de Revezamento na Polônia em maio

A velocista Anny Caroline de Bassi (23 anos), de Balneário Camboriú, foi convocada para integrar a equipe brasileira que...

Empreendedor de Balneário Camboriú cria produto inovador com o Programa ALI do Sebrae/SC

O empresário Ricardo Calikevstz, proprietário da Italicus Pane & Pasta, de Balneário Camboriú, encontrou no Programa Agentes Locais de...
- Publicidade -
A Polícia Civil do Rio de Janeiro deteve nesta terça-feira, 12, quatro homens suspeitos de disparar tiros na noite de 31 de dezembro na favela do morro do Turano, no Rio Comprido (zona norte do Rio), para comemorar o réveillon. Naquela madrugada, uma bala perdida atingiu e matou a menina Alice Pamplona da Silva de Souza, de 5 anos, que estava em casa, com os pais, comemorando o réveillon.

A suspeita é de que algum deles tenha disparado o tiro que matou Alice. Durante a operação policial desta terça-feira, um quinto suspeito foi morto durante confronto com a Polícia Militar. Com ele foi apreendida uma pistola, diz a PM.

Segundo a polícia, os três adultos e o adolescente detidos integram uma facção criminosa que controla o tráfico de drogas na favela do Turano e foram presos em decorrência de um trabalho de inteligência.

- Publicidade -

Foram apreendidos uma pistola, munições, farta quantidade de drogas e dinheiro. Por enquanto, os presos responderão pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, resistência e porte ilegal de arma de fogo. Se ficar comprovado que algum deles disparou o tiro que matou Alice, este pode ser acusado de homicídio.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Anny de Bassi na equipe brasileira que vai ao Mundial de Revezamento na Polônia em maio

A velocista Anny Caroline de Bassi (23 anos), de Balneário Camboriú, foi convocada para integrar a equipe brasileira que disputará o Campeonato Mundial de...

Comunidade relata problemas com recicladoras em Balneário Camboriú: há até informações de crimes, como tráfico e receptação

A comunidade dos bairros Municípios e Vila Real procurou o Página 3 após a publicação de matéria a respeito do abaixo assinado criado pela...

Entidades farão limpeza do Rio Camboriú que recebe cerca de 40t de esgoto todos os dias

Várias entidades de Balneário Camboriú e região estarão participando da 2a Ação Integrada de Limpeza do Rio Camboriú, no próximo dia 24. As inscrições...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -