- Publicidade -
19 C
Balneário Camboriú

Articulação de Maia por Baleia Rossi leva MDB a impasse

- publicidade -

Leia também

Vacinação contra Influenza inicia nesta terça para idosos 70+

A Secretaria da Saúde inicia a segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus Influenza para idosos,...

Aulas e oficinas na Casa da Mulher e no Centro da Rua Itália retornam na segunda-feira

A partir de segunda-feira (10) iniciam as aulas de alongamento, fortalecimento muscular, pilates, fit dance, inglês, dentre outras oficinas,...

Entrevista com Luciana Andréa de Jesus: “A natureza é sábia e normalmente a planta que você precisa nasce no seu entorno”

Luciana Andréa de Jesus, 51, catarinense de Blumenau, moradora de Balneário Camboriú há quase quatro décadas (1984), onde estudou...

Casal que foi despejado pede ajuda, Resgate Social diz que eles não aceitaram ir para Casa de Passagem

O Página 3 foi procurado por leitores que informaram sobre a situação de um casal que está na rua...

Psicóloga aborda “Maternidade ideal versus possível” em livro sobre Primeira Infância

A maternidade envolve uma série de aprendizados práticos como trocar fraldas, entender a pega correta da amamentação, aplicar técnicas...
- Publicidade -

Por Daniel Weterman

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), só está à espera do PT para anunciar o candidato que vai apoiar à sua sucessão, em fevereiro de 2021. O nome favorito para concorrer ao comando da Câmara com aval do bloco parlamentar liderado por Maia é o do deputado Baleia Rossi (SP), presidente do MDB.

- Publicidade -

Maia disse que divulgará até amanhã o escolhido para enfrentar Arthur Lira (Progressitas-AL), líder do Centrão que conta com o respaldo do Palácio do Planalto na disputa. A demora ocorre por causa da bancada do PT, que está dividida e se reúne hoje para tentar chegar a um acordo, mas também em razão de um impasse nas fileiras do MDB.

Na semana passada, senadores do MDB procuraram Baleia Rossi para dizer que a sigla terá um candidato à cadeira do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). Argumentaram que, diante dessa decisão, ele não deveria concorrer à Câmara para não atrapalhar as articulações no Salão Azul. A avaliação foi a de que seria muito difícil o Congresso eleger integrantes do mesmo partido, como ocorre hoje com o DEM, para dirigir as duas Casas.

Em almoço com líderes do bloco, ontem, Maia afirmou que a eleição no Senado não pode interferir na disputa da Câmara. Na prática, porém, em casos assim as negociações políticas costumam demandar mais atenção. O outro nome que conta com a simpatia do presidente da Câmara é o do deputado Aguinaldo Ribeiro (Progressistas-PB), líder da Maioria. O partido de Aguinaldo, no entanto, dá sustentação a Lira.

“Estamos dialogando para sair com um nome e com o bloco de fato unido”, afirmou Maia. O grupo reúne 11 partidos, que somam 281 parlamentares. O PSOL pode aderir ao bloco. Para ser eleito presidente da Câmara o candidato precisa ter o apoio de 257 dos 513 deputados. O voto, porém, é secreto e muitas bancadas estão rachadas. “É preciso agora ver o que nos une, e não o que nos divide. Nosso objetivo é derrotar o candidato do governo”, disse o deputado Carlos Zarattini (PT-SP).

- Publicidade -

A bancada do PT é a maior do bloco, com 54 integrantes. Embora a sigla esteja no grupo de Maia, o apoio de petistas ainda é disputado individualmente por Lira.

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,709FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,593SeguidoresSeguir
11,600InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Aulas e oficinas na Casa da Mulher e no Centro da Rua Itália retornam na segunda-feira

A partir de segunda-feira (10) iniciam as aulas de alongamento, fortalecimento muscular, pilates, fit dance, inglês, dentre outras oficinas, na Casa da Mulher, que...

Entrevista com Luciana Andréa de Jesus: “A natureza é sábia e normalmente a planta que você precisa nasce no seu entorno”

Luciana Andréa de Jesus, 51, catarinense de Blumenau, moradora de Balneário Camboriú há quase quatro décadas (1984), onde estudou Administração e Contábeis, mas não...

Casal que foi despejado pede ajuda, Resgate Social diz que eles não aceitaram ir para Casa de Passagem

O Página 3 foi procurado por leitores que informaram sobre a situação de um casal que está na rua após serem despejados da casa...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
×

Olá, leitor

Sugestões de pautas, informações em geral.

×