- Publicidade -
15.6 C
Balneário Camboriú

Em visita ao secretário de Educação de SC, Juliana Pavan pede apoio a projetos e sugere Escola Militar em Balneário

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

A vereadora Juliana Pavan visitou em Florianópolis, na tarde de quinta-feira (8), o secretário de educação do Estado, Luiz Fernando Cardoso. Durante a conversa, os dois debateram sobre a capacitação de jovens para o mercado de trabalho, projeto educacional de combate à violência doméstica e implantação de Escola Cívico Militar em Balneário.

Programa Protetores do Lar

O primeiro assunto foi a implantação do programa Protetores do Lar em Balneário. Criado pela Polícia Militar e desenvolvido em parceria com secretarias e entidades, o programa tem como objetivo o combate à violência doméstica e familiar através da educação e conscientização de jovens da rede pública de ensino. O secretário Luiz Fernando teria sinalizado de forma positiva e já recebeu a Minuta do termo de parceria. Em breve o Programa já estará nas escolas estaduais de Balneário Camboriú.

Cursos técnicos no contraturno

- Publicidade -

Outro tópico discutido foi a possibilidade de implantação de cursos técnicos no contraturno escolar para a capacitação de jovens para o mercado de trabalho. A ideia seria implantar em breve, um curso técnico em Informática com um programa que contemple na sua estrutura conteúdos e práticas que possibilitem preparar estes jovens a trabalhar com diversas ferramentas.

Sobre essa demanda, o secretário destacou que os cursos técnicos serão implantados em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), trazendo tecnologia de ponta e qualificações especialmente desenvolvidas para o mercado de trabalho da região e da cidade.

Nesta semana um projeto da vereadora que apoia a entrada de jovens no mercado de trabalho foi discutido na Câmara [relembre aqui].

Escola Militar em Balneário

Outro ponto discutido pela vereadora com o secretário de Educação foi a criação de uma Escola Cívico-Militar em Balneário Camboriú. O objetivo seria promover um ensino mais disciplinado e qualificado, tanto por parte dos alunos como dos professores, em bairros com maior índice de famílias em situação de vulnerabilidade social. 

- Publicidade -

Segundo Juliana, Luiz Fernando recebeu o pedido com as escolas que estão aptas à metodologia cívico militar e afirmou que será analisada com bastante atenção a solicitação. 

“Saio desta agenda com as energias renovadas para atuar ainda mais na melhoria da educação em Balneário Camboriú, porque ao levar demandas especiais como as que apresentamos e ficar sabendo de como o Estado está atualizando tanto a grade curricular do Ensino Médio, quanto investindo em tecnologia de ponta para qualificar nossos jovens é saber de que temos gestores públicos que saem do discurso e realizam as mudanças que a educação tanto precisa”, diz.

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,734FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,583SeguidoresSeguir
11,600InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
×

Olá, leitor

Sugestões de pautas, informações em geral.

×