- Publicidade -
20.3 C
Balneário Camboriú

Fiscalizômetro analisará quase R$ 80 milhões em licitações e contratos

Leia também

BC Investimentos finaliza sondagem de investidores no Morro do Careca, Passarela da Barra e Mercado Público

A presidente da BC Investimentos, Maria Pissaia disse que nesta sexta-feira (10) encerra as entrevistas com as empresas interessadas...

19 milhões de brasileiros passaram fome em 2020: em Balneário, campanhas seguem, mas precisam de apoio

Por que não transformar locais de vacinação em postos de arrecadação de alimentos?

Homem é preso com arma e R$ 25 mil em dinheiro em Balneário Camboriú

Um homem de 36 anos foi preso, na quinta-feira (8), com uma pistola e R$ 25 mil em dinheiro,...

Ladrões com motocicleta assaltam dono de Ferrari à luz do dia em Balneário Camboriú

Dois motociclistas assaltaram um homem que dirigia uma Ferrari, por volta do meio-dia, na Rua 2.100, centro de Balneário...

Inclusão Social faz mutirão ‘Não dê esmola, dê oportunidades’ em lojas e condomínios de Balneário Camboriú

A prefeitura, através da Secretaria da Inclusão Social começou há 10 dias um mutirão no comércio, prédios e condomínios...
- Publicidade -

Daniele Sisnandes

O vereador de Balneário Camboriú Lucas Gotardo, do Partido Novo, acaba de lançar o Fiscalizômetro, um instrumento de fiscalização de grandes contratos e licitações. A ação inicia analisando quase R$ 80 milhões em licitações, e integra o programa de gabinete intitulado BC Desperdício Zero, que vai acompanhar de forma permanente os gastos públicos e suas entregas. 

- Publicidade -

“Sou um crítico dos verdadeiros labirintos que são os portais de transparência. Qualquer pessoa desanima ao tentar acompanhar esses canais. Isso desestimula o controle social na administração pública e está errado. Entendo que deveria ser mais acessível, mas como não é, resolvemos transformar dados em informações mais claras ao cidadão”, declarou Gotardo.

Serão analisadas licitações acima de R$ 1 milhão, ou em que o objeto tenha grande importância social. O foco está nas licitações lançadas a partir de 2021, porém constam na lista alguns contratos que já vinham sendo acompanhados pelo gabinete no último mandato. 

Um deles é a construção da Casa de Acolhimento da Criança e do Adolescente, iniciada em 2018, e atrasada por problemas do projeto.

O Fiscalizômetro ainda conta com a troca da iluminação convencional por iluminação de LED da cidade, que custará quase R$ 10 milhões; e a iluminação no Elevado da Quarta Avenida, que custará R$ 1,8 milhão. 

- Publicidade -

Também constam processos em andamento e de obras que ainda não foram iniciadas como o alargamento da faixa de areia, no valor de mais de R$ 66 milhões; e a licitação de monitoramentos para a implantação do Plano Básico Ambiental (PBA), na obra de preenchimento artificial da Praia Central de Balneário Camboriú.

Acesse e acompanhe em https://www.lucasgotardo.com.br/fiscalizometro

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -