- Publicidade -
24 C
Balneário Camboriú

Grupos da direita repetem esquerda e pedem saída de Bolsonaro no Rio

Leia também

‘Foi gentileza’, diz Fernando Cury, deputado acusado de importunação sexual

Ao depor no Conselho de Ética da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), o deputado estadual Fernando...

Conselhos e entidades de controle dizem não ao fim do piso da educação e saúde

O Conselho Nacional de Presidentes dos Tribunais de Contas do Brasil (CNPTC) e outras sete entidades nacionais de controle...

Juliana Pavan irá propor a Avenida Atlântica Júlio Tedesco

O ex-prefeito e ex-deputado Leonel Pavan, autor do projeto do nome do Centro de Eventos de  Balneário Camboriú, disse...

Quatro anos depois de irem às ruas pedir o impeachment da ex-presidente da República Dilma Rousseff e dois anos após apoiar a eleição do presidente da República, Jair Bolsonaro, grupos como Vem pra Rua e Movimento Brasil Livre organizaram neste domingo, no Rio, carreata para pedir a saída do atual mandatário, alegando traição às promessas feitas durante a campanha, em 2018.

O evento segue o realizado no sábado, 23, pela esquerda, que teve maior força em Brasília e no Rio de Janeiro. Neste domingo, foi a vez de São Paulo, que reuniu mais participantes para pedir o impeachment de Bolsonaro.

- Publicidade -

Com encontro marcado pelas redes sociais e Whatsapp para 10h30 no estacionamento de um supermercado da Barra da Tijuca, zona oeste da cidade, a carreata repetiu a do sábado com buzinaços e gritos de “Fora, Bolsonaro”. O volume de carros, porém, não chegou a merecer o acompanhamento em tempo real do Centro de Operações do Rio (COR), que no sábado monitorou a carreata da esquerda do começo ao fim.

A Polícia Militar também não registrou nenhuma ocorrência na cidade, segundo informou ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.

Nas redes sociais, vídeos mostravam a fila de carros dos manifestantes, que percorreram a zona sul e encerraram a carreta antes do início da prova do Enem, para não causar problemas, segundo uma das participantes declarou nas redes sociais.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -

Problemas nas costas persistem e Rafael Nadal desiste do ATP 500 de Roterdã

Um velho problema está atrapalhando o começo de temporada de Rafael Nadal. Nesta quinta-feira, o tenista espanhol anunciou que...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -