- Publicidade -
22 C
Balneário Camboriú

Média móvel de mortes por covid-19 bate recorde e chega a 1.180

Leia também

BC Investimentos finaliza sondagem de investidores no Morro do Careca, Passarela da Barra e Mercado Público

A presidente da BC Investimentos, Maria Pissaia disse que nesta sexta-feira (10) encerra as entrevistas com as empresas interessadas...

19 milhões de brasileiros passaram fome em 2020: em Balneário, campanhas seguem, mas precisam de apoio

Por que não transformar locais de vacinação em postos de arrecadação de alimentos?

Homem é preso com arma e R$ 25 mil em dinheiro em Balneário Camboriú

Um homem de 36 anos foi preso, na quinta-feira (8), com uma pistola e R$ 25 mil em dinheiro,...

Ladrões com motocicleta assaltam dono de Ferrari à luz do dia em Balneário Camboriú

Dois motociclistas assaltaram um homem que dirigia uma Ferrari, por volta do meio-dia, na Rua 2.100, centro de Balneário...

Inclusão Social faz mutirão ‘Não dê esmola, dê oportunidades’ em lojas e condomínios de Balneário Camboriú

A prefeitura, através da Secretaria da Inclusão Social começou há 10 dias um mutirão no comércio, prédios e condomínios...
- Publicidade -

A média móvel de mortes por covid-19 bateu o recorde da pandemia neste sábado, 27, e chegou a 1.180, segundo balanço mais recente do consórcio de veículos de imprensa formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL. O levantamento é feito com base nos dados das 27 secretarias estaduais de Saúde.

A média móvel registra as oscilações dos últimos sete dias e elimina distorções entre um número alto de meio de semana e baixo de fim de semana. Nas últimas 24 horas, foram notificados 1.275 novos óbitos e mais 50.840 casos da doença no País. No total, já são 254.263 mortes registradas e 10.508.634 pessoas contaminadas no Brasil, segundo o balanço.

- Publicidade -

Tentando evitar o colapso no sistema de saúde e frear a disseminação do vírus, governadores e prefeitos estão adotando medidas mais rígidas de isolamento social. No Estado de São Paulo foi adotado um “toque de restrição” para autuar e conter aglomerações entre as 23 horas e as 5 horas a partir desta sexta-feira. Além disso, seis regiões do Estado, incluindo a Grande São Paulo, saíram da fase amarela para a laranja.

Ao menos outros 10 Estados também decretaram restrições de circulação de pessoas, fechamento de estabelecimentos comerciais e até lockdown. De acordo com o Boletim do Observatório Covid-19, da Fiocruz, 17 capitais brasileiras estão com ocupação de leitos de UTI de pelo menos 80%.

Ainda de acordo com o balanço do consórcio de veículos de imprensa, 6.535.363 pessoas já receberam a primeira dose da vacina no País. Destas, 1.918.062 tomaram também a segunda. Nas últimas 24 horas, 145.654 doses foram aplicadas.

Consórcio dos veículos de imprensa

- Publicidade -

O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal. A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.

Neste sábado, o Ministério da Saúde informou que foram registrados 61.602 novos casos e mais 1.386 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas. No total, segundo a pasta, são 10.517.232 pessoas infectadas e 254.221 óbitos. Os números são diferentes do compilado pelo consórcio de veículos de imprensa principalmente por causa do horário de coleta dos dados. Ainda de acordo com o órgão federal, 9.386.440 pessoas já se recuperaram da doença no País.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -