- Publicidade -
27 C
Balneário Camboriú

Os primeiros vacinados contra a Covid-19 em Balneário e Camboriú

Leia também

Atualizado: é o caos Santa Catarina agora tem apenas 1 leitos de UTI

Com seu sistema de saúde público e privado em colapso, Santa Catarina amanhece nesta quarta-feira com apenas duas vagas...

Prefeitos e secretário de Estado se reúnem em BC para criação de novos leitos na região

Em nova reunião com o governo do Estado nesta terça-feira, (2), representado pelo chefe da Casa Civil, Eron Giordani,...

Brasil registra 1.726 mortes pela covid em 24 horas e volta a bater recorde

O Brasil registrou recorde do número de mortes em 24 horas desde o início da pandemia, com 1.726 novos...

Balneário Camboriú e Camboriú iniciaram a vacinação contra a Covid-19, pelos profissionais da saúde, no final da manhã desta terça-feira (19), logo depois que as doses chegaram. Balneário recebeu 1.460 vacinas e Camboriú 520.

Balneário Camboriú

Em Balneário Camboriú há cerca de 3.054 profissionais de saúde, no entanto, as vacinas enviadas somam 1.460, somente a primeira dose. O Estado teria retido a segunda dose.

- Publicidade -

Os três primeiros profissionais vacinados foram a técnica de enfermagem Patrícia Junges Casagrande [a primeira vacinada], o médico e coordenador da UTI e Clínica Médica de Covid-19 e coordenador do Centro Municipal de Combate ao Covid, Pedro Salomão Dias, e a serviços gerais Darlene Justino Marques Rosário. Todos eles atuam na UTI do Centro Municipal de Atendimento e Tratamento da Covid-19 de Balneário.

A secretária de Saúde de Balneário Camboriú, Leila Crócomo, que é enfermeira foi quem vacinou os três profissionais. Ela salientou que desejavam poder vacinar a todos neste momento, que ela definiu como ‘histórico’ e que esperavam com ansiedade.

“Eu mesma não acreditava que essa vacina chegaria tão cedo aqui em Balneário Camboriú, mas chegou, é realidade. Vamos vacinar aos poucos, e essa categoria [os trabalhadores da área da saúde, com destaque para os que atuam diretamente no combate ao Covid] é a prioridade. A vacina é a esperança de poder eliminar o vírus e termos uma vida nesse ‘novo normal’”, disse.

O prefeito Fabrício Oliveira presente ao ato, citou a importância do momento e reconheceu o trabalho dos governos Federal e Estadual que enviaram as vacinas.

“Essa discussão tomou uma proporção política que não diminui a importância desse momento, não diminui o esforço de tantos profissionais da saúde, não diminui o esforço de pessoas que perderam seus familiares e negócios que foram fechados e trabalhadores que foram infelizmente impedidos de trabalhar, mas nesse momento nós começamos a visualizar um novo futuro. Ainda não está resolvido, temos que manter os cuidados com a máscara, com o distanciamento, mas começamos com um novo futuro”, opinou, citando que a cidade está ‘cada vez mais forte’ e caminhando ‘para um futuro seguro’.

Prioridade da imunização

  1. Profissionais que atuam nas UTIs Covid dos três hospitais (Centro Municipal do Covid, Unimed e Hospital do Coração)
  2. Profissionais que atuam nas emergências Covid-19
  3. Profissionais que atuam nos centros clínicos de atendimento Covid dos três hospitais
  4. Profissionais do Samu
  5. Trabalhadores das instituições de longa permanência, como asilos
  6. Equipes que atuam diretamente na vacinação

“Como são pouquíssimas doses, temos que priorizar quem atende diretamente os doentes de Covid, para evitar o que acontece hoje, que é o afastamento dos nossos profissionais de saúde que se infectam”, informa a Comunicação da prefeitura.

Camboriú

A técnica de enfermagem Maria Boza, primeira vacinada em Camboriú (Foto Divulgação/PMC)

Em Camboriú, a primeira vacinada foi a técnica de enfermagem Maria Boza, 59 anos, que é funcionária há 21 anos do hospital da cidade – por onde começará a vacinação, com os profissionais que lá atuam, partindo então para as unidades básicas de saúde e depois para os asilos, segundo informações da Secretaria de Saúde.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -

PGR pede para STJ manter condenação que pode tirar mandato de Lira

Por Breno Pires A Procuradoria-Geral da República (PGR) enviou parecer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), no mês passado, defendendo...
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -