- Publicidade -
24 C
Balneário Camboriú

Ticket Log: Litro da gasolina fica acima de R$ 5 pela 1ª vez na média nacional

Leia também

Livro com registro inédito sobre a produção teatral em Itajaí será lançado nesta quinta

A história do teatro em Itajaí começou em 1897, no entanto, foi nas décadas de 1970 e 1980 que...

Foragido do RS é preso com arma e drogas em Balneário

Um homem de 34 anos, que estava foragido do RS por furto a caixa eletrônico, foi preso em Balneário...

Vereadores de Balneário Camboriú votarão hoje “calote” no fundo de saúde dos servidores municipais

A Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú votará nesta quarta-feira, 14, projeto do prefeito Fabrício Oliveira que pretende dar...

Minimercado do centro foi arrombado e furtado nessa madrugada

Um minimercado, localizado na Rua 2.000, foi arrombado e furtado na madrugada desta quarta-feira (14), em Balneário Camboriú. O...

Praça da Cultura receberá primeira empena de arte urbana da área central de Balneário Camboriú

A obra do artista Eduardo Vaso, em andamento na Praça da Cultura, ainda não está pronta, mas já vem...
- Publicidade -

O Índice de Preços Ticket Log (IPTL) registrou aumento de 4,49% no preço da gasolina nos primeiros 15 dias de fevereiro e o litro médio do combustível agora é R$ 5,033. É a primeira vez que a empresa aponta o preço da gasolina acima de R$ 5 na média nacional desde o início da série histórica em 2011. Em janeiro, a média era de R$ 4,816.

O valor do combustível subiu 25,7% desde maio de 2020, última vez que a pesquisa registrou queda nos preços. “O aumento mais significativo da gasolina no País foi registrado no Amazonas. Nos postos do Estado, os preços do combustível na primeira quinzena de fevereiro subiram 7,58% e o litro médio é de R$ 4,881. Em nenhum Estado houve redução dos preços”, diz Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil, controladora da Ticket Log.

- Publicidade -

O etanol aumentou 2,08% e chegou ao valor de R$ 3,857, ante R$ 3,779 em janeiro. O levantamento é feito com base nos abastecimentos realizados nos 18 mil postos credenciados da Ticket Log.

No comparativo regional, somente na região Sul o índice mostrou preço médio da gasolina abaixo de R$ 5, embora a região tenha tido o segundo maior aumento no valor, de 4,57%, o que elevou o preço do litro médio para R$ 4,825.

A região Norte, primeira colocada na lista, teve crescimento de 4,66% e o preço médio foi para R$ 5,012. A região que apresenta o litro mais caro de gasolina é o Centro-Oeste, no valor de R$ 5,090.

Em relação aos Estados, a gasolina mais barata está no Amapá, a R$ 4,484, enquanto a mais cara está no Acre, a R$ 5,422.

- Publicidade -

No caso do etanol, o Pará registrou o maior aumento do combustível no Brasil, com aumento de 9,80%. O preço médio do etanol no estado é R$ 4,416.

O Norte e o Centro-Oeste tiveram os menores aumentos no preço do etanol, que subiu 1,90% e 1,95%, respectivamente. Porém, a pesquisa apontou que o litro mais caro está na região Norte, no valor de R$ 4,031. O mais barato está no Centro-Oeste, e é de R$ 3,604. “Nos três estados da Região, o etanol compensou mais para os consumidores em relação à gasolina, se considerada a margem de vantagem 70/30”, afirma Pina.

O etanol com preço médio mais barato no comparativo entre estados é o de São Paulo, que custa R$ 3,167. O mais caro está no Rio Grande do Sul, a R$ 4,490.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -