- Publicidade -
28 C
Balneário Camboriú

Cadela recebe herança de US$ 5 milhões após morte do tutor

Leia também

‘Mostra de Mulheres Catarinenses no Audiovisual’ destaca a valorização das mulheres no setor audiovisual

Com o objetivo de destacar e valorizar a presença de mulheres no setor audiovisual, vai acontecer a 1ª edição...

Cantora de Camboriú foi destaque no Programa do Ratinho

A cantora de Camboriú, Priscila Ogg, 28 anos, participou na segunda-feira (15) do quadro ‘Dez ou Mil’ do Programa...

Mete o Som – festival que une música e tecnologia está sendo transmitido online, acompanhe

O Mete o Som – Festival de Música Eletrônica, Tecnologia e Eletroacústica iniciou nesta quinta-feira (18) e segue até...

A cadela Lulu, uma border collie de oito anos de idade, terá uma boa vida em Nashville, cidade dos Estados Unidos, após a recente morte do tutor dela. O homem deixou US$ 5 milhões de herança para o animal de estimação, que está sob os cuidados de uma amiga dele.

Em entrevista ao canal de TV WTVF, Martha Burton, cuidadora de Lulu, disse que Bill Dorris era solteiro e morreu no ano passado. Sempre que ele viajava, ela ficava com o animal.

- Publicidade -

Empresário de sucesso, o homem de 84 anos deixou um testamento no qual afirma que o dinheiro deve ser colocado em um fundo para os cuidados da cachorra.

Isso permite que Martha, de 88 anos, seja reembolsada por despesas mensais que tenha com ela. “Eu realmente não sei o que pensar sobre isso para dizer a verdade. Ele simplesmente amava o cachorro”, disse a mulher.

Ela afirma que não sabe se poderia gastar os US$ 5 milhões com o animal, mas “gostaria de tentar.” Mas, por enquanto, não há planos de comprar uma tigela de ouro maciço para cães ou uma coleira incrustada de diamantes.

O valor será administrado por uma pessoa que aprovará e reembolsará Martha pelas despesas para cuidar da border collie. Não ficou definido o que ocorrerá com o dinheiro se Lulu morrer antes da quantia acabar. (FONTE: ASSOCIATED PRESS)

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -

É iminente o colapso generalizado do sistema de saúde do País

18 Estados já têm mais de 80% de UTIs lotadas e secretários querem lockdown
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -